Estes calções de banho já foram chapéus-de-chuva

Em 2011, a wetheknot apresentou-se ao mercado com uma colecção de calções de banho designada Wet. Agora, uma década volvida, a marca portuguesa volta à sua raiz para desenvolver novas peças de banho feitas a partir de chapéus-de-chuva.

Para cada colecção Wet a que a wetheknot deu vida (até 2015), teve de recolher, aproximadamente, 30 a 40 chapéus-de-chuva abandonados na rua, por Inverno, transformados entretanto em peças de vestuário. Desta forma, a insígnia evita que estes objectos acabem no lixo.

Para assinalar os 10 anos desde o lançamento dos primeiros calções feitos de chapéus-de-chuva, a wetheknot propõe, agora, uma versão 2.0: criada em colaboração com a r-coat, que fornecer os tecidos necessários, assenta no mesmo conceito, mas com um novo design.

A colecção Wet 2.0 é composta por 10 modelos de calções de banho reversíveis, sendo um dos lados sempre preto. Todos têm bolsos laterais de um lado e um bolso traseiro do outro, estando pensados enquanto peça unissexo.

A nova colecção limitada pode ser encontrada somente na loja online da wetheknot, segundo adianta a marca em comunicado.

A wetheknot sublinha ainda que, há 10 anos, quando os primeiros calções Wet foram lançados, o upcyling ainda era uma novidade e a reputação não era a melhor: “Este conceito estava ainda muito associado ao lixo e não era tido como um reaproveitamento ou algo que poderia ser reutilizado, o que hoje em dia já foi normalizado e adaptado por muitas pessoas e marcas.”

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...