Esta corrida procura a forma mais sustentável de fazer Cascais-Glasgow

A COP26 – Conferência das Nações Unidas sobre as Alterações Climáticas inspirou a Get2C e a Earth Watchers a organizarem uma corrida… diferente. Em parceria com a Câmara Municipal de Cascais e a Embaixada Britânica promovem a “Climes To Go: A Race For Our Planet”.

No fundo, trata-se de uma corrida que visa encontrar a forma mais sustentável de fazer a viagem entre Cascais e Glasgow, na Escócia, onde a conferência terá lugar já no início do próximo mês. Segundo a organização, é uma “verdadeira corrida contra o tempo, pelo combate às alterações climáticas”.

No total, são três equipas de quatro pessoas que irão iniciar a respectiva viagem na sexta-feira, dia 22. A ideia é que o percurso tenha também um impacto positivo nas comunidades, com foco em três pilares: água, energia e produção e consumo sustentável.

Quer isto dizer que, ao longo da viagem, as equipas terão de monitorizar as pegadas hídrica e carbónica, mas também dar resposta a desafios previamente definidos. Para isso, cada equipa terá um orçamento em climas, moeda fictícia que avalia as suas escolhas e que poderá ser perdida ou ganha de acordo com as opções que tomarem. A equipa vencedora será aquela que terminar a competição com o saldo de climas mais elevado.

A iniciativa, que conta ainda com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian, do Oney Bank e do Grupo Altri, tem como objectivos “mobilizar a sociedade portuguesa para a urgente transição climática, através de um convite à participação directa de uma forma apelativa e desafiante” e, ainda, “demonstrar que o caminho da descarbonização rumo à neutralidade carbónica é possível, necessário e inevitável”.

Em comunicado, a organização aponta ainda para a ambição de “demonstrar a viabilidade dos diferentes modos de transporte (em alternativa aos combustíveis fósseis) para percorrer longas distâncias” e a “influência dos estilos de vida na nossa pegada de carbono, analisando o impacto das nossas escolhas e dos nossos comportamentos no dia-a-dia”.

Por fim, a Get2C e a Earth Watchers esperam “alertar para a necessidade de adaptação, tendo em conta os efeitos das alterações climáticas em especial em localizações mais vulneráveis”.

A viagem irá terminar só a 2 de Novembro e poderá ser acompanhada através das redes sociais do projecto. A iniciativa irá culminar num evento paralelo à COP26.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...