Esta app promete actualizações ao minuto sobre concertos e outros eventos culturais

Depois de vários meses de confinamento e ainda mais de restrições, poderá ser difícil regressar à vida cultural. A Whatsupintown pretende dar o empurrão que falta, apoiando a retoma dos eventos através de uma plataforma tecnológica que promete actualizações ao minuto sobre concertos, exposições, peças de teatro e outras actividades semelhantes.

Criada pela agência Red Adviser, está disponível, sem custos, nas lojas Google Play e Apple Store há apenas algumas semanas, tendo conquistado já o interesse de cerca de 10 mil pessoas. A ambição é chegar a 100 mil utilizadores até ao final do ano e ser a aplicação de referência quando se fala do sector da cultura em Portugal.

«A entrada no mercado está a correr muito bem e o feedback é muito positivo. Os utilizadores consideram que a app é muito completa, disponibiliza informação útil e é simples e intuitiva de usar. Dizem-nos também que é uma aplicação que fazia falta neste sector e que a sua facilidade em aceder e obter informação pode ser um bom impulsionador para apoiar a cultura e gerar ainda mais público para os eventos», comenta Rita Cunha, directora executiva da Red Adviser.

Também os promotores de eventos e espectáculos parecem estar interessados na Whatsupintown, segundo adianta a Red Adviser em comunicado. Ana Santos, directora de Produto da plataforma, acrescenta que nas duas últimas semanas, e apesar do período de férias, têm recebido «inúmeros pedidos de adesão de organizadores e até de artistas individuais que consideram a app uma mais-valia para divulgarem as suas iniciativas e, assim, chegarem de forma rápida aos seus públicos».

Além da versão para equipamentos móveis, a Whatsupintown tem também uma versão web, onde os parceiros – sejam produtores ou promotores, por exemplo – podem introduzir e alterar dados das suas iniciativas. Também aqui podem definir um segmento.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...