Escândalos na NFL levam P&G a cancelar campanha

nfl para siteNa sequência do escândalo de violência doméstica que está a abalar a NFL, a Liga de Futebol Americano, a Procter & Gamble decidiu cancelar uma campanha de sensibilização para o cancro da mama que iria envolver várias equipas e jogadores daquela liga.
A campanha enquadrar-se-ia no Mês da Sensibilização para o Cancro da Mama, que se celebra em Outubro, e seria encabeçada pela marca de higiene dentária Crest, do Grupo P&G. No âmbito da campanha, estava previsto que alguns jogadores da NFL usassem protecções bocais cor-de-rosa, para além de utilizarem as redes sociais para consciencializar os consumidores para o tema do cancro da mama.

No entanto, os sucessivos casos de violência doméstica, protagonizados por jogadores da NFL, que têm sido tornados publicos levaram a marca a cancelar a campanha e todas as iniciativas previstas. Tudo começou com a divulgação de um vídeo que mostra Ray Rice (antigo jogador dos Baltimore Ravens) a agredir a mulher num elevador em Las Vegas, o que levou a NFL a abrir um processo de investigação indpendente.

Desde então, outros jogadores da NFL têm sido acusados de violência doméstica e infantil e alvo de acções disciplinares. Greg Hardy (dos Carolina Panthers) e Adrian Peterson (Minnesota Vikins) são acusado de terem agredido a mulher e o filho, respectivamente. A estes, junta-se a denúncia contra Jonathan Dwyer (Arizona Cardinals), que foi detido por ter agredido a esposa quando se encontravam na companhia do filho, de apenas 17 meses.

A Crest confirmou, através de um porta-voz, citado pela Ad Age, que “decidiu cancelar todas as iniciativas em curso com equipas da NFL” devido à controvérsia. Ainda assim, e tal como planeado, a marca irá doar 100 mil dólares (cerca de 78 mil euros) à American Cancer Society.

Para além da P&G ter cancelado a sua campanha, o escândalo teve já outras repercussões, no que diz respeito a apoios publicitários. A cadeia Radisson Hotels, por exemplo, suspendeu o seu patrocínio à equipa Minnesota Vikins.
Recorde-se que a Liga de Futebol Americano termina todos os anos com a Super Bowl, um dos eventos que concentra maior investimento das marcas à escala mundial.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...