Ervideira facturou um milhão no primeiro semestre

A facturação da Ervideira atingiu cerca de um milhão de euros nos primeiros seis meses do ano. O produto vitivinícola alentejano registou, assim, um aumento de 2% face ao período homólogo do ano passado. Contudo, o número de garrafas vendidas tem vindo a descer, como nota Duarte Leal da Costa, director executivo da Ervideira: «A venda do vinho tem vindo a ser cada vez mais inversamente proporcional à facturação.»

Em comunicado, a marca explica que esta situação se deve à aposta em vinhos topo de gama e também ao reconhecimento que a Ervideira tem conquistado tanto em Portugal como noutros mercados. O aumento da reputação “faz com que a pirâmide de venda de vinhos se tenha vindo a inverter nos últimos anos”. Duarte Leal da Costa avança ainda que a previsão para o segundo semestre é que seja ainda melhor do que o primeiro.

O Brasil é, actualmente, o melhor mercado de vinhos premium da Ervideira, juntamente com a China e outros países da Europa. Em Portugal, as três wine shops que detêm representam 16% do total de facturação.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...