Emprego nos media online triplicou ao longo da última década

Nos Estados Unidos da América, o emprego nos meios de comunicação não abunda, excepto se falarmos de media online. Dados do Bureau of Labor Statistics mostram que o sector perdeu 20 mil postos de trabalho ao longo da última década. Porém, as posições associadas a plataformas digitais triplicaram para 277 mil.

A AdAge, que dá conta dos dados, lembra que os media online ultrapassaram a televisão, rádio, revistas e jornais, tornando-se o maior empregador no sector. Pelo menos, do outro lado do oceano Atlântico.

Nos EUA, o peso dos media online no emprego no sector saltou de 11 para 36%, desde 2009. A televisão (sinal aberto e cabo), por seu turno, é responsável por 25% actualmente, tendo descido apenas 1% em relação a 2009. A quota da rádio também caiu somente 1% para 11%.

Onde vai, então, o online buscar a sua percentagem? Aos meios impressos. A quota dos jornais relativamente ao emprego no sector norte-americano dos media reduziu de 35 pra 17%. As revistas também viram o peso cair de 16 para 11%.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...