EDP compensa emissões de carbono do Edpcooljazz

A pegada de carbono de todos os artistas que actuam na edição deste ano do Edpcooljazz será compensada pela energética que dá nome ao festival. A EDP vai compensar as emissões de carbono resultantes dos concertos através de dois projectos de trocas de combustíveis: Argibem e Velotex, ambos no Brasil.

Ao todo, a EDP quer compensar o equivalente a 140 toneladas de carbono geradas a partir das viagens e alojamentos dos artistas e das suas equipas, bem como da logística, queima de combustíveis pelos geradores, consumo de electricidade, entre outras fontes de emissões, esclarece a empresa em comunicado. A compensação é feita através da compra de créditos de carbono.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...