E se os logos de grandes marcas fossem contagiados pelo COVID-19?

Uma nova interpretação dos logótipos de algumas das maiores marcas a nível mundial é o que propõe Jure Tovrljan, ilustrador esloveno que decidiu contagiar a imagem de gigantes como Starbucks ou Nike com o novo coronavírus. «Apenas uma ideia de como os logos deveriam ser durante estes tempos difíceis», escreve o artista no Behance, plataforma onde partilha o trabalho.

No caso da Starbucks, por exemplo, a aposta vai para a aplicação de uma máscara no rosto da sereia. Para a Nike, por seu turno, Jure Tovrljan optou por alterar o slogan: em vez de “Just Do It”, sugere “Just Don’t Do It”, lembrando as pessoas de que devem ficar em casa e deixar para depois qualquer tipo de actividade social.

O ilustrador alterou também o logótipo dos Jogos Olímpicos, afastando cada um dos arcos em referência às recomendações de isolamento. O LinkedIn, por seu turno, passou a LockedIn, ou seja, fechado em casa.

Jure Tovrljan explica que sentiu necessidade de dar início a este projecto porque todas as publicações que via nas redes sociais não demonstravam a seriedade do assunto. Nada mais do que «memes baratos», afirmou o ilustrador à AdAge.

«Obtive alguns comentários negativos, no início, mas foi tudo feito com um espírito positivo. Eu queria apenas espalhar a mensagem de uma forma diferente e fazer com que as pessoas soubessem que devem manter a distância e ficar em casa se possível», explica.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...