E se o seu IRS fosse preenchido por uma pessoa com paralisia cerebral?

A Associação de Paralisia Cerebral de Lisboa (APCL) quer mostrar que deficiência não é sinónimo de incapacidade. Para isso, criou uma campanha através da qual pessoas com paralisia cerebral se disponibilizam para ajudar os portugueses a preencher o Modelo 3 do IRS.

A acção, sob o mote “Preenchido pela Paralisia”, faz parte de uma iniciativa mais alargada que apela à consignação de 0,5% do IRS, uma opção que todos os contribuintes podem tomar e que não tem qualquer custo. No entanto, em vez de lançar apenas um apelo, a associação decidiu providenciar um serviço útil.

Ao todo, quatro pessoas com paralisia cerebral estão disponíveis para ajudar gratuitamente, pedindo apenas em troca a consignação de 0,5% do IRS.

«Em 2019, uma grande maioria das pessoas não fez a consignação. Uma doação sem qualquer custo para os contribuintes que ajuda muitas instituições que sobrevivem através de apoios deste género. Espero que nos tempos que correm, em que os portugueses estão especialmente solidários, possam também ajudar a APCL e as várias instituições», comenta Ivone Silva, directora da associação.

A campanha conta com criatividade da agência Havas, planeamento de meios da Havas Media e fotografia de Kenton Thatcher, que retratou a equipa de contabilistas ao serviço dos portugueses. Está presente no exterior e nos meios digitais, onde também conta com o apoio de influenciadores.

Todos os interessados em obter ajuda no preenchimento do IRS podem pedir os serviços da APCL no site do projecto. A Havas assegura que todos os processos são seguros, sendo acompanhados por contabilistas certificados.

«Tratar do IRS é uma obrigação fiscal, mas é também uma forma de ajudar. É por isso que importa não só esclarecer os portugueses, como simplificar-lhes a questão, tendo em conta a oportunidade de ajudar quem mais precisa. Foi precisamente nisto que nos focámos em todo o processo criativo da campanha», explica José Vieira, director criativo da Havas.

Os contribuintes que não necessitarem do apoio deste serviço podem ajudar a instituição efectuando a consignação através do preenchimento do quadro 11 com o NIF 506610624.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...