E se James Bond pedir um Martini sem álcool, isso é…?

Em Portugal, e no caso de James Bond decidir passar por terras lusas, a partir da próxima semana vai ser possível pedir um Martini Florale ou um Martini Vibrante em bares e restaurantes. A Martini apresentou hoje, em Lisboa, em primeira mão em todo o mundo, a sua mais recente novidade: duas variedades de Martini sem álcool, os referidos Martini Florale e Martini Vibrante.

Estas duas novas bebidas premium e sem álcool foram criadas para os momentos em que os consumidores escolhem não beber álcool, mas querem desfrutar de uma bebida ou cocktail sofisticado e refrescante.

Desenvolvidas com os mesmos vinhos utilizados nos clássicos vermutes da marca, no caso destas duas bebidas o álcool é suavemente removido e infundido naturalmente com uma selecção de plantas de origem sustentável, explicou Ivano Tonutti, master herbalist da Martini, ao início da tarde.

E se o Martini Vibrante equilibra os ingredientes botânicos naturais com bergamoto italiano, já o Martini Florale conjuga a camomila romana com ingredientes botânicos. «O resultado são dois Martini inconfundíveis, mas sem álcool», sublinhou, garantindo que reconstruíram todo o produto para fazer algo novo. Um trabalho que começou, segundo este profissional, «há muito tempo, tendo sido finalizado no último ano».

Nestas variedades o logótipo Martini aparece em azul distinguindo o produto como uma variante não alcoólica e abrindo um novo capítulo na história da marca que comemora já 150 anos.

Os novos produtos começam a estar disponíveis nas lojas da Sonae a partir da próxima semana, sendo produtos exclusivos nestes espaços nos primeiros dois meses no mercado.

Para este ano não está prevista uma grande campanha de comunicação, devendo o grande investimento da marca focar-se no Martini Fiero (alcoólico) lançado no ano passado para chegar a novos consumidores da marca.

Os dois produtos hoje apresentados serão comunicados, essencialmente, por relações públicas, comunicação digital e imprensa. Haverá ainda acções de sampling em pontos de venda, sejam estes esplanadas ou outros pontos onde faça sentido a ideia Martini Time – que passa por juntar os amigos, no mundo real, e apreciar um aperitivo ao final do dia.

«Com o lançamento do aperitivo não alcoólico da Martini, estamos a oferecer uma alternativa sofisticada aos consumidores que permite desfrutar desse tempo independentemente de estarem ou não a beber álcool, sem perderem a oportunidade de apreciar um Martini», comenta Francisca Gouveia, brand manager da Martini Portugal, que confessa que a ambição com este lançamento passa pela aproximação a targets mais novos. «Queremos recrutar novos consumidores», sejam em termos de idade ou pessoas que por preocupações de saúde não querem consumir bebidas alcoólicas. Em termos de consumidores ocasionais, a marca não esquece aqueles que por estarem a conduzir não querem, em alguns momentos, consumir bebidas com álcool, sem que para isso tenham de deixar de socializar.

Texto de Maria João Lima

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...