Drone vai vigiar 12 estádios do Mundial

Hermes900-2012_rsA Força Aérea Brasileira adquiriu um drone – avião não pilotado – que será utilizado na vigilância dos 12 estádios onde vai ser disputado o Mundial de Futebol entre 12 de Junho e 13 de Julho.

O avião adquirido, modelo Hermes 900, pode voar a uma altitude até 9.000 metros e tem uma autonomia de 30 horas de voo. O Hermes 900, que chegará ao Brasil em Maio, está equipado com uma dezena de câmaras de longo alcance, explicou o chefe da logística da Força Aérea, Ricardo Mangrich. Para operar o sistema são necessárias 10 pessoas.

O contrato, de oito milhões de dólares, inclui suporte logístico e garantia de um ano do equipamento.

Fabricado pela israelita Elbit Systems, este drone já é utilizado pelas forças aéreas do México, Colômbia e Chile e é mais eficaz no seu desempenho que o Hermes 450, modelo mais pequeno com quatro exemplares já a operar no Brasil desde 2011 em operações de combate ao tráfico de droga, mercadorias e pessoas nas regiões fronteiriças. O Hermes 450, tem autonomia de até 16 horas de voo, podendo voar a uma altitude máxima de 5.000 metros.

 

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Automonitor
Nissan LEAF em modo drift