Dois em cada três espectadores de TV navegam em vários dispositivos

Longe vão os dias em que a televisão era o único equipamento disponível para assistir… televisão. Com o advento das plataformas de streaming e a democratização do acesso a dispositivos como telemóveis, computadores ou tablets, os espectadores estão agora mais dispersos.

Dados da plataforma Magnite mostram que dois em cada três espectadores, a nível europeu, assistem a conteúdos em vários dispositivos. No Reino Unido, por exemplo, 74% recorre a pelo menos dois equipamentos. Em Itália, também 73% dos espectadores aponta para o mesmo número.

No entanto, aceder a conteúdos online (streaming) através de três ou quatro dispositivos é mesmo a resposta mais popular nos países europeus analisados (Reino Unido, Itália, Alemanha, Espanha e França).

Segundo o WARC, que dá conta dos dados, apesar de esta tendência poder ter um impacto positivo nos resultados das marcas – que passam a ter presença em mais plataformas –, a verdade é que as audiências se tornam mais difíceis de medir.

“Esta questão poderá tornar-se mais importante à medida que as audiências televisivas se viram para novos conteúdos online, como video on demand com anúncios”, indica o WARC.

Como solução para este problema, os anunciantes têm vindo a mostrar cada vez mais interesse relativamente a métricas de atenção, ou seja, métricas que permitam compreender melhor o comportamento dos espectadores – e não apenas se forem ou não impactados por determinado anúncio.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...