Diverge e Manicómio desafiam limites da doença mental

A Diverge juntou-se ao Manicómio para desenhar uma edição especial de ténis que visa desafiar os limites da doença mental e os preconceitos associados a este tipo de condição. O resultado é “I Just Like Birds”, um modelo assinado por Bráulio, artista residente do Manicómio.

Com 35 anos, Bráulio juntou-se a este projecto de inclusão social há cerca de um ano e, desde então, tem criado um universo onde convergem pessoas, animais e plantas. Desafiado a transpor a sua arte para o calçado, encontrou uma forma de dar vida às suas criações através dos passos de quem comprar um par desta edição especial.

A criação do artista é aplicada através de impressão UV directamente na pele, tornando cada par um modelo único. Os ténis, descritos em comunicado como o “primeiro modelo de calçado comercial no Mundo com arte de um artista com experiência com doença mental”, estão à venda no site da Diverge.

«Esta parceria materializa de forma clara a aposta no valor artístico e humano dos artistas do Manicómio, que a Diverge considera como criadores, sem reserva ou estigma», comenta Sandro Resende, criador do Manicómio. Segundo o responsável, este poderá ser apenas o primeiro projecto na área da moda e, «a partir daqui, tudo é possível».

Já João Esteves, CEO e fundador da Diverge Sneakers, sublinha como a colaboração com o Manicómio é mais uma manifestação da vontade da marca no sentido de criar impacto social no que faz: «Pegámos no nosso modelo mais minimalista, o Minimal Low, em que as peças e as costuras foram reduzidas ao mínimo indispensável, e pusemo-lo à disposição do Bráulio como se de uma tela em branco se tratasse. Porque queremos respeitar a criação do artista este modelo não será customizável.»

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...