CustoJusto promove turismo nacional com ofertas para anúncios de casas de férias

Até ao dia 31 deste mês, o CustoJusto vai oferecer destaques na homepage, num valor total de 3 mil euros, a anúncios de arrendamento de casas de férias. O objectivo, de acordo com o portal de classificados, é promover o turismo nacional numa altura em que a expressão “ir para fora cá dentro” ganha força renovada.

Pedro Furtado, director-geral do CustoJusto, explica que é uma forma de a plataforma se associar a este esforço de incentivar os portugueses a passarem férias no País. «Ao mesmo tempo, queremos apoiar os micro negócios ligados ao turismo e que estão a atravessar uma fase muito complicada com os efeitos da pandemia», sublinha ainda o responsável.

Todos os dias, serão atribuídos destaques a três anúncios com base na qualidade dos mesmos. Serão avaliados aspectos como texto, fotografias e actualização do calendário apresentado. Cada utilizador só terá direito à oferta de um destaque.

Procura por imóveis dispara

No passado mês de Junho, a procura por imóveis para férias aumentou cerca de 25% face ao mesmo período do ano passado. Face ao mês anterior, o salto foi de 37% nas visitas a anúncios deste tipo. Registaram-se também aproximadamente 21 mil pedidos de informação por mês, ou seja, 700 contactos por dia, só referentes a esta categoria.

Faro foi o distrito mais popular entre os pesquisados, respondendo por 25% do total. Seguem-se Braga (11%), Porto (11%), Leiria (7%) e Setúbal (7%). Em relação a Junho de 2019, os distritos que mais cresceram em termos de procura são Braga (95%), Viana do Castelo (99%), Viseu (223%) Vila Real (94%), Évora (122%), Bragança (124%) e Faro (2%).

«Estes dados permitem-nos perceber que há claramente uma procura por destinos alternativos ao tradicional Algarve ou costa alentejana, particularmente pelo Norte e Interior do País», comenta Pedro Furtado.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...