Curry: mistura de raízes

Uma receita inusitada que junta as capulanas moçambicanas aos quimonos tradicionais do Japão e que conta com a criatividade de mulheres como Yen Sung, Kruella D’Enfer, Tamara Alves e Wasted Rita.

Texto de Maria João Lima

Mais do que uma marca, a Curry é uma paixão. Por África, pela mulher e pela arte. Yen Sung – que se tornou conhecida há já vários anos pela sua actividade como DJ – é a criadora da marca Curry e conta que a mesma surgiu pela paixão que tem pelos panos africanos, principalmente os que usam técnica de cera, chamados “wax print fabrics” e que em Moçambique são designados de “capulanas”.

Para ler o artigo na íntegra consulte a edição de Fevereiro de 2020 da revista Marketeer.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...