Cruz Vermelha homenageia a linha da frente no combate à pandemia

A Cruz Vermelha Portuguesa, assinalando os seus 156 anos, desvendou ilustrações que são uma homenagem aos profissionais que têm estado na linha da frente do combate à pandemia.

A iniciativa, com a criatividade da Lola Normajean, resultou em cinco ilustrações originais das cidades de Lisboa, Porto, Londres, Paris e Nova Iorque. O objectivo consiste em demonstrar a importância dos voluntários da Cruz Vermelha Portuguesa nas suas actividades solidárias, que têm ganho cada vez mais dimensão com a pandemia.

«O voluntariado teve e tem um papel importantíssimo nas atividades diárias ligadas não só ao contexto pandémico, como também a uma série de problemas que já existiam no passado. O que a Lola Normajean pretende mostrar é que mesmo com a maioria das cidades vazias de movimento e pessoas, os voluntários estiveram presentes, mesmo numa situação tão complicada como a que vivemos. E é também por isso que se trata de uma campanha que vai mantendo presença ao longo do tempo, pois a ajuda não tem parado e devemos todos agradecer o esforço diário de todos os que têm contribuído de alguma forma para ajudar o próximo“, explica Rodrigo Silva Gomes, CEO da Lola Normajean.

Esta campanha com a hashtag #ObrigadoVoluntários está presente em imprensa e digital. Veja as quatro outras ilustrações da campanha.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...