Proximidade e solidariedade

MARKETEER CONTENTS

Em Portugal, a banca cooperativa é representada pelo Grupo Crédito Agrícola, que regista uma marcante história secular. Com mais de 100 anos de existência, e mais de 600 agências, o Crédito Agrícola detém a maior rede bancária do País e, através das suas Caixas de Crédito Agrícola, é a instituição financeira verdadeiramente dinamizadora do desenvolvimento regional. Na sua matriz de valores tem uma sólida prática de responsabilidade social, não só por ter nascido da necessidade de apoiar uma comunidade específica em termos sectoriais – os agricultores –, como pelo contributo que vem dando às comunidades locais onde está inserido.

Este compromisso com o futuro sustentável representa a própria essência da instituição que, ao longo de mais de 100 anos, se afigura junto das diferentes comunidades locais como instituição exemplar em termos de cidadania responsável, cujos valores e missão sempre deram particular sentido a duas palavras-chave: proximidade e solidariedade. Dois conceitos que distinguem o Crédito Agrícola e que definem a sua prioridade, ou seja, o aprofundamento e valorização do relacionamento com os associados e clientes. 2013 é um ano a destacar como marco na história deste grupo.

Foi nesse ano que teve início a reorganização do Crédito Agrícola, visando aumentar o negócio e reforçar o posicionamento do grupo em Portugal e também no estrangeiro. O modelo cooperativo do Crédito Agrícola, que o distingue das restantes instituições financeiras, materializa-se na prática de uma banca descentralizada e de proximidade com as comunidades locais, através das 80 Caixas de Crédito Agrícola. Trata-se de caixas que têm autonomia e capacidade de decisão local, que pagam os seus impostos localmente, que reinvestem na região onde estão inseridas, que recrutam colaboradores localmente, que constituem, em muitas localidades do País, a única referência, a única ligação que as populações têm a uma instituição financeira – a uma entidade bancária.

Nos últimos anos, os bancos que operam em Portugal, fustigados primeiro pela crise do subprime e depois pela intervenção da troika, tiveram que reestruturar a sua rede, encerrando muitas agências, mas o Crédito Agrícola, um Banco de capital exclusivamente português, procura ainda exercer essa proximidade e estar presente onde os seus clientes se encontram. O Crédito Agrícola está certo de que os clientes valorizam a oferta nacional e neste caso o facto de serem uma marca 100% portuguesa, com preocupações ao nível do território nacional e das suas populações e actuando de uma forma activa para contrariar a força centrípeta da litoralização da população portuguesa. Para além desse traço distintivo, o CA é igualmente um exemplo de gestão prudente, de solidez financeira e de cidadania responsável, destacando-se naturalmente no contexto da economia social.

Oferta de produtos e serviços

Os produtos e serviços mais procurados pelos portugueses têm sido os de crédito, quer à habitação, quer ao consumo, e serviços como as transferências e a utilização dos canais digitais. Os investimentos nesta área têm sido expressivos, por forma a ir ao encontro das necessidades e ambições da população mais jovem. A força deste grupo financeiro e segurador é alavancada em mais de um milhão de clientes, 40% dos quais são associados das Caixas Agrícolas. Os clientes e a confiança que detêm no Grupo Crédito Agrícola são um dos maiores activos do grupo e constituem a razão do seu empenho e dedicação, com vista à prestação de um serviço de excelência. Os clientes do CA são representativos de todos os sectores de actividade e possuem idades dentro da estrutura etária da população portuguesa.

A comunicação do Crédito Agrícola tem sido sustentada na forte presença da marca junto das regiões e na confiança que os clientes têm no Grupo Crédito Agrícola, com foco nos clientes e nas suas necessidades financeiras, tendo em vista corresponder aos seus projectos e ambições. Para isso o grupo tem vindo a realizar campanhas e outras acções dirigidas a particulares e a empresas enquadradas nas mais recentes novidades do grupo, nomeadamente a abertura rápida de conta, e através do homebanking a constituição de depósitos e contratação de créditos.

Reconhecimento

O Crédito Agrícola tem sido reconhecido pelo mercado como um dos melhores bancos a operar no mercado português. Prova disso são os prémios que têm distinguido o seu desempenho, nomeadamente pelo Prémio Cinco Estrelas, pelo quinto ano consecutivo, com o título de “O Melhor Banco no Serviço de Atendimento ao Cliente”. Foi ainda eleito pela “Escolha do Consumidor 2019” como o melhor banco, na categoria de Pequenos e Médios Bancos. Ainda referente ao ano de 2018, o Crédito Agrícola foi eleito pela revista “Global Banking and Finance Review” como o “Melhor Banco para o Desenvolvimento Agrícola em Portugal”.

Já na área dos seguros, a Crédito Agrícola Seguros, Seguradora Não Vida do Crédito Agrícola, foi destacada como Empresa líder, no Índice de Excelência 2018, conquistando a primeira posição na área da banca, seguros e serviços financeiros, o que leva a que se posicione no Top 10 das Empresas de Média Dimensão (entre 51 a 250 colaboradores). As distinções alcançadas continuam com a CA Vida e a CA Seguros a serem distinguidas com o 1.º lugar no Índice de Satisfação do Cliente do ECSI Portugal 2018.

Pelo segundo ano consecutivo, a CA Seguros foi ainda premiada como Melhor Empresa para Trabalhar no sector da banca, seguros e serviços financeiros na edição de 2018 pelo estudo “Melhores Empresas para Trabalhar”, promovido pela revista “Exame”, em parceria com a consultora Everis e a AESE Business School. Em 2019 o grupo pretende continuar a afirmar-se no mercado nacional, aumentando a quota de mercado, a penetração de clientes nos segmentos prioritários, bem como o contínuo rejuvenescimento da carteira de clientes e a prestação de um serviço de qualidade.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Automonitor
Via Verde Estacionar Lisboa com 1.º estacionamento gratuito