COVID-19 acelerou e-commerce da IKEA

Nunca, como nos meses mais recentes, a antiga assinatura da IKEA fez tanto sentido. O mundo fechou-se em casa e os portugueses abriram-se, como jamais tinham feito, às compras online para tornar a casa num lugar mais confortável

Texto de Maria João Lima

Foi em meados de Março que a casa se tornou, de um dia para o outro, em escola, escritório, ginásio, espaço de brincadeira e de descanso. Tudo novas actividades que levaram as pessoas a perceber ou redescobrir a importância que uma casa bonita e funcional tem nas nossas vidas. Daí à corrida à procura por produtos mais cómodos e funcionais foi um passo.

«Durante o estado de emergência, os portugueses verificaram que a casa se tornou mais relevante e as necessidades mais visíveis e mais urgentes. Desta forma, os canais online permitiram o acesso às soluções IKEA, no âmbito do confinamento», conta Helena Gouveia, Country Marketing manager na IKEA Group.

Para ler o artigo na íntegra consulte a edição de Agosto de 2020 da revista Marketeer

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...