Coronavírus inspira movimento #StayTheFuckHome

“Stay The Fuck Home” ou, em português, “Fiquem em Casa, Porra” é o apelo lançado por um movimento que incentiva pessoas de todo o mundo a optarem pela quarentena voluntária. Acusa os governos de falharem na prevenção da disseminação do novo coronavírus e deixa nas mãos dos cidadãos a tarefa de abrandar o surto.

“Reacções lentas, políticas de apaziguamento da população e a urgência em estabilizar a economia estão a impedi-los [os governos] de tomar as medidas necessárias para proteger milhões de pessoas desta doença. É altura de nós, como cidadãos da terra, agirmos e fazermos a nossa parte na luta contra a COVID-19”, lê-se no manifesto.

O site de #StayTheFuckHome está disponível em várias línguas, incluindo português. Florian Reifschneider é o nome por detrás do movimento que se tornou global: com 29 anos, lidera a sua própria empresa de software e tem acompanhado a evolução do COVID-19 desde que começaram a surgir os primeiros casos na China. Segundo conta o Huffington Post, cedo percebeu que não podia contar apenas com os governos para solucionar o problema.

«As pessoas não querem acreditar que um vírus que apareceu algures na China pode, de facto, afectar as suas vidas ou mesmo representar uma ameaça real», afirma Florian Reifschneider à mesma publicação. «O meu objectivo é chegar ao maior número possível de pessoas de forma a deixar uma marca mas, honestamente, se conseguir impedir uma pessoa de ficar infectada ou de infectar outra pessoa mais vulnerável, já terá valido o meu tempo», acrescenta.

No site do movimento, Florian Reifschneider dá conta de 12 acções que qualquer pessoa levar a cabo, desde não entrar em pânico a lavar bem as mãos e cumprir as regras de etiqueta respiratória. Os cidadãos são também aconselhados a não ir a concertos ou eventos desportivos, evitar ajuntamentos sociais, não utilizar transportes públicos e, se possível optar pelo teletrabalho.

“Não sair de casa a não ser que seja absolutamente necessário” é a última sugestão e Florian Reifschneider confessa que poderá ser a mais difícil. No entanto, se alguns dos restantes conselhos forem cumpridos, já será positivo.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...