Coronavírus altera hábitos de consumo e alavanca compras online

O receio do novo coronavírus está a tornar algumas pessoas mais cautelosas e preocupadas com a possibilidade de fazerem compras em locais públicos. No entanto, continuam a precisar de adquirir alguns bens e as plataformas de comércio electrónico podem ser a solução.

Nos Estados Unidos da América, perto de metade dos internautas admitia, num inquérito realizado no mês passado, estar a evitar centros comerciais. O mesmo estudo, realizado pela Coresight Research, indica que 74,6% pretendia manter-se totalmente longe deste tipo de locais.

Olhando para as lojas, no geral, a percentagem diminui: neste caso, apenas 32,7% dos inquiridos disse evitar lojas físicas. No entanto, mais de metade afirmou que se iria afastar de pontos de venda com paredes e tecto caso o COVID-19 se espalhasse – o que está a acontecer.

Consumidores mais velhos mostram-se mais preocupados e precavidos. Perto de nove em cada 10 internautas norte-americanos com mais de 45 anos garante não visitar uma loja caso o surto piore. «É compreensível, dada a incerteza em torno do coronavírus, que populações mais vulneráveis evitem ambientes físicos que aumentem a probabilidade de exposição», comenta Andrew Lipsman, analista da eMarketer.

O mesmo estudo revela que, em Fevereiro, 49,3% dos inquiridos evitava transportes públicos e 73,1% admitia passar a evitar à medida que o vírus se propaga. Perto de metade também evitava viagens internacionais e 41,9% pensava duas vezes antes de visitar uma sala de cinema. O local de trabalho parece ser o menos afectado: somente 11,1% dos inquiridos evitava o escritório no mês passado; 17% indicava que passaria a evitar caso o surto piore.

Embora considere natural esta preocupação, Andew Lipsman lembra que as necessidades do lar não desaparecem. «Podem até aumentar, considerando que muitas pessoas estão a fazer stock de recursos», afirma o responsável. Se todas recorrerem às lojas online, também poderão experienciar atrasos: os clientes da Amazon estão já a receber notificações nesse sentido.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...