Coronavírus: Adegga reage ao adiamento da Prowein com evento digital

Uma das maiores feiras de vinhos do mundo foi adiada tendo em vista a contenção da propagação do novo coronavírus na Europa. A Prowein deveria arrancar já no próximo dia 15 em Dusseldorf, na Alemanha, e servir de palco para a apresentação das principais novidades de produtores do néctar de Baco.

Para garantir que os produtores de vinhos portugueses não são afectados pelo adiamento, a Adegga decidiu avançar com a criação de uma plataforma e de um evento digital. A empresa convida os produtores nacionais a darem a conhecer as suas novidades a profissionais de vários pontos do planeta – desde compradores e importadores a sommelliers – sem deixarem Portugal.

«O adiamento súbito da Prowein é um problema sério para muitos dos produtores de vinho portugueses que fazem uma boa parte dos seus negócios anuais na maior feira internacional do sector», sublinha André Ribeirinho, co-fundador da Adegga. Por isso mesmo, assim que receberam a notícia, discutiram várias ideias para «mitigar o impacto na indústria portuguesa, utilizando canais digitais e meios modernos para juntar profissionais e consumidores, algo que o Adegga já faz há mais de 10 anos».

Precisamente na mesma altura em que decorreria a Prowein, a Adegga irá conduzir um conjunto de entrevistas com produtores e transmiti-las via streaming, ao vivo e em inglês. Os conteúdos serão transmitidos nos dias 16 e 17 deste mês, a partir de Lisboa e Porto.

A acção é gratuita, sublinha a Adegga em comunicado, e dirige-se a todos os produtores afectados pelo adiamento da Prowein.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...