Coronavírus: 79,6% dos portugueses prepara-se para ficar em casa

Em Portugal, 87,5% da população sente-se informada relativamente ao novo coronavírus. A larga maioria (92,1%) sabe também quais os sintomas e os passos a dar se houver suspeita de infecção. Já no que à possibilidade de epidemia diz respeito, as opiniões dividem-se: 52,6% considera não estar alarmado face a essa hipótese em Portugal e 47,4% diz que sim.

As conclusões são de um inquérito elaborado pela MultiDados em parceria com a Guess What, que aponta também para uma mudança de hábitos devido ao COVID-19. Além de 33,6% afirmar ter mais cuidados com apertos de mão, beijos ou abraços, há também uma ligeira tendência para a aquisição de materiais de protecção. Questionados sobre se já compraram algum equipamento de prevenção, 14,5% garante tê-lo feito – 11,2% comprou desinfectantes e 9,9% máscaras. Há ainda quem diga ter comprado as máscaras PFF2 (14,5%) e quem afirme usar máscara no seu dia-a-dia (14,5%).

O mesmo inquérito evidencia que 21,1% das pessoas deixou de ir a eventos com muitas pessoas, justificando a decisão com receio do COVID-19. Olhando para um futuro próximo, este número salta para 63,2%.

Sobre a possibilidade de trabalhar a partir de casa, a MultiDados revela que 79,6% dos portugueses considera essa hipótese. Também a pensar numa possível temporada em casa, 70,4% dos inquiridos admite fazer mais compras do que o habitual para que possa subsistir sem deixar o lar.

O estudo foi realizado por via dos métodos CATI (telefónico) e CAWI (online) a uma base de dados de utilizadores registados na plataforma da multidados.com. Foram recolhidas e validadas mil respostas entre os dias 2 e 8 deste mês.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...