Continente lança sacos de peixaria em papel

Os sacos de peixaria do Continente estão mais amigos do ambiente. A nova solução desenvolvida pela cadeia de supermercados da Sonae MC é feita de papel e revestida no interior por uma camada de polietileno, que deverá ajudar a evitar o derrame de líquidos e a conservar o produto.

Os novos sacos chamam-se Sea Wrap e, segundo o Continente, são 100% recicláveis, sendo que fazem parte da estratégia da marca no sentido de reduzir a utilização de plástico – não só nas embalagens como também nos métodos de transporte dos alimentos. A expectativa é de que a novidade permita eliminar mais de 40% do plástico gasto por ano nos sacos da peixaria. No total, o Continente prevê evitar a utilizção de 70 toneladas de plástico.

Chegado a casa, o cliente pode retirar o peixe do saco e separar os dois materiais que o compõem. Foi assinalada até a zona na parte de trás do saco através da qual a separação deve ser feita. Depois, o plástico pode ser colocado no contentor amarelo e o papel no azul.

«Enquanto retalhista líder em Portugal, temos a responsabilidade de encontrar as melhores soluções para as nossas embalagens, tanto no que diz respeito à preservação da qualidade dos produtos como à sustentabilidade ambiental», sublinha Pedro Lago, director de Projectos de Sustentabilidade da Sonae MC.

Segundo o responsável, o peixe é um produto que obriga a critérios muitos específicos de embalamento e que, por isso, é mais difícil criar novas soluções. Porém, o Sea Wrap cumpre todos os requisitos e ainda permite poupar plástico.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...