Continente é o supermercado com mais folhetos promocionais

Entre 1 de Janeiro e 24 de Maio, as insígnias da grande distribuição presentes em Portugal publicaram um total de 333 folhetos promocionais. Destes, 58 dizem respeito ao Continente, fazendo com que este seja o supermercado que mais apostou neste formato: a marca da Sonae MC foi responsável por 17,4% dos folhetos no acumulado do ano.

Os dados são do serviço Foliotrack da Marktest, de acordo com o qual o Lidl foi o segundo supermercado com mais folhetos no período em análise. A cadeia alemã publicou 54 conteúdos promocionais deste tipo (16,2%), seguindo-se o Pingo Doce com 46 folhetos (15,3%).

A Marktest indica ainda que estes números equivalem a uma descida de 11,7% face ao mesmo período de 2019, quando um total de 377 folhetos tinham sido publicados. Em termos relativos, o El Corte Inglês destaca-se por ter sido a insígnia que mais reduziu a exposição em folheto: passou de 13 para oito (-38,5%). O Minipreço Family, por seu turno, passou de 21 para 24 (+14,3%).

A análise ao número de inserções revela que os números subiram ligeiramente este ano, verificando-se mais 0,1% do que no período homólogo de 2019. Ao todo, registaram-se 113.437 inserções promocionais até 24 de Maio. Neste indicador, o Minipreço Family destaca-se por assumir a maior quebra relativa (-44%), ao passo que o Aldi é o rei das subidas (+18,3%).

Segundo a Marktest, a semana de 24 de Fevereiro a 1 de Março, que precedeu a confirmação dos primeiros casos de COVID-19 em Portugal, foi a que registou maior número de folhetos (21) e de inserções (7.717). A partir daí, a tendência geral foi de quebra até à semana da Páscoa (6 a 12 de Abril), que funcionou como uma espécie de ponto de viragem. Na última semana em análise (18 a 24 de Maio), nota-se, aliás, um número de folhetos e inserções superior ao mesmo período de 2019.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...