Continente: Ao lado de cada português

MARKETEER CONTENTS

Continuar a alimentar Portugal tem sido o desígnio do Continente desde a chegada da pandemia ao País. A solidariedade e a responsabilidade têm ditado as linhas de acção em diversas frentes.

A situação excepcional da chegada da Covid- 19 à Europa e em particular a Portugal implicou algumas mudanças na forma como a Sonae MC trabalha e áreas que precisaram e ainda precisam de mais apoio, nomeadamente as lojas, o Continente Online e logística. Em todas as funções possíveis de serem exercidas à distância, a Sonae MC adoptou o home office desde 11 de Março. Na verdade, o trabalho remoto já era uma realidade para os colaboradores com funções compatíveis com esse modelo, desde o lançamento do programa Flex it Up no ano passado.

O Continente tem vindo a seguir atentamente as recomendações das autoridades nacionais e internacionais, nomeadamente da Direcção- Geral da Saúde, estando dotado das políticas e dos mecanismos necessários para enfrentar a presença de Covid-19 em Portugal. Tem delineado um plano de contingência, com vários cenários possíveis, que está a ser colocado em prática de acordo com a evolução da situação em Portugal, para segurança de todos.

Em termos de segurança a Sonae MC actuou a vários níveis: manteve os horários para que todos possam realizar as suas compras, evitando filas e concentrações de pessoas; está a limitar as entradas de clientes nas lojas (cinco clientes por cada 100 m2); tem marcas para garantir distâncias de segurança entre os clientes, que estão assinaladas nas lojas; os colaboradores receberam formação e diariamente recebem informação sobre regras básicas de protecção; reforçou a segurança, higiene e limpeza dos locais de trabalho, das zonas sociais e de todas as lojas e entrepostos, bem como a desinfecção de todos os carrinhos de compras, cestos e veículos de transporte de mercadorias e ainda de todos os equipamentos que fomentem interacções (uma operação repetida várias vezes ao dia); instalou barreiras acrílicas de protecção nas zonas de pagamento e balcão de informação, com vista a aumentar a segurança de clientes e colaboradores; está a proceder à verificação de temperatura e despiste de sintomas a todos os colaboradores, prestadores de serviço e de trabalho temporário antes de entrarem em qualquer loja ou entreposto; e tem disponíveis doseadores com gel higienizante, estando a disponibilizar luvas e máscaras aos colaboradores. Nas lojas Continente implementaram ainda medidas que dão prioridade àqueles que estão na “linha da frente” como os profissionais de saúde ou prestadores de cuidados, e àqueles que são mais frágeis, como os idosos ou imunodeprimidos, durante todo o dia.

«O Continente escolheu manter os horários normais das suas lojas, principalmente para dar flexibilidade àqueles que continuam a cumprir jornadas de trabalho fora das suas casas e desfasar a afluência de clientes», explica Tiago Simões, director de Marketing da Sonae MC. Uma Missão de apoio social Desde a chegada da pandemia a Portugal, a Missão Continente tem tido um papel bastante activo e na linha da frente daquilo que é considerado o apoio social. O apoio aos hospitais, aos agentes de protecção civil, às instituições de solidariedade, aos bombeiros, entre outros, foi imediato e mantém-se. «Todos os dias continuamos a apoiar quem está a passar por maiores dificuldades.

Sabemos que estaremos perante desafios económicos e sociais, por isso desenvolvemos acções para dar resposta a esses desafios, como fazemos há já mais de 35 anos», assegura Tiago Simões. Desde a chegada do novo coronavírus a Portugal, a Missão Continente já respondeu a vários pedidos de apoio, distribuindo centenas de toneladas de bens alimentares, de higiene e limpeza e EPI (equipamentos de protecção individual) por dezenas de entidades como hospitais, autarquias e instituições de solidariedade, com o objectivo de ajudar não só os mais vulneráveis e em situação de doença, mas também profissionais de saúde e forças de segurança. Mantendo o objectivo de ajudar quem mais precisa e querendo amplificar este apoio e movimento de solidariedade ao máximo, a Missão Continente juntou-se à italiana LAPS Foundation e implementou a campanha “Nunca Desistir” em Portugal. A campanha mobilizou os portugueses a angariar fundos para alimentar famílias que precisam de apoio, em parceria com a Cruz Vermelha Portuguesa e com a Rede de Emergência Alimentar. A este movimento solidário da Missão Continente e da LAPS Foundation, em parceria com a TVI, a Federação Portuguesa de Futebol, a NOS e o Banco Santander, juntaram-se dezenas de caras conhecidas de diferentes áreas, como a televisão, o desporto, a música, a cultura, etc. A campanha foi comunicada pelos vários parceiros, nas redes sociais e na comunicação social.

«Foi graças a todos os que se envolveram que em poucas semanas conseguimos chegar a todas as casas do País e unir os portugueses em torno desta missão: ajudar quem mais precisa.» A “Nunca Desistir” permitiu recolher 639.241,13 euros para alimentar as famílias que precisam de apoio. Desde o lançamento da iniciativa que a Missão Continente comunicou que, ao total doado, acrescentaria 150 toneladas de alimentos que já foram distribuídos pela Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) e pela Rede de Emergência Alimentar. A Missão Continente entregou também 250 kg de bens alimentares a um grupo de chefs e empresários da área da restauração para prepararem, diariamente, mais de 100 refeições para os profissionais de saúde da Unidade de Cuidados Intensivos do Hospital de São João do Porto.

Foi ainda o parceiro que doou bens alimentares, de higiene e limpeza e consolas e videojogos ao Hospital de Campanha Porto, instalado no Super Bock Arena – Pavilhão Rosa Mota, com capacidade para acolher mais de 300 doentes com sintomas leves de Covid-19 ou até assintomáticos sem suporte familiar. Além disso, a Missão Continente forneceu os bens alimentares, de limpeza e higiene para os idosos, utentes de lares do Porto, que foram alojados nas Pousadas da Juventude e cujos testes para a Covid-19 deram negativo. Em termos regionais, e a título de exemplo, foram entregues mais de 350 kg de produtos aos Bombeiros Voluntários de Câmara de Lobos, na Madeira, através da loja Continente Modelo de Câmara de Lobos; doaram mais de 1300 artigos à Câmara Municipal de Vila do Conde, que assegurou a entrega de cabazes de bens alimentares e de higiene aos munícipes mais vulneráveis, através da loja local, o Continente Modelo de Vila do Conde e mais de três centenas de produtos alimentares e de higiene chegaram, pela Missão Continente, à ULSLA – Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano para médicos, enfermeiros e auxiliares de acção médica que trabalham na UCI, em dedicação total aos doentes internados com Covid-19.

A Missão Continente mantém as habituais doações diárias de excedentes das suas lojas a mais de 1000 instituições de solidariedade social e apoio a animais, contribuindo para minimizar as suas necessidades. Em 2019, distribuiu um total de 12,3 milhões de euros em excedentes alimentares. Cuidar de quem já cuidou O Continente implementou várias medidas para apoiar os clientes seniores no âmbito do plano de contingência da pandemia de Covid- 19 e das orientações da Direcção-Geral da Saúde de protecção às pessoas mais velhas, nomeadamente a prioridade à entrada e nas zonas de atendimento, durante todo o horário de funcionamento. Os clientes com mais de 70 anos também não pagam o serviço de entrega de compras ao domicílio, disponível em 71 lojas Continente Bom Dia e 26 lojas Continente.

Neste serviço, as compras e o pagamento são feitos na loja física, mas os produtos são entregues na casa dos clientes. O Continente Online possibilita, ainda, a entrega de cabazes predefinidos em apenas 48h e com taxa de entrega gratuita para clientes com mais de 65 anos. Ainda, em parceria com a Cruz Vermelha Portuguesa (CVP), a Missão Continente possibilita a encomenda de cabazes de bens essenciais aos mais de 2200 utentes seniores do serviço de teleassistência da CVP, que se encontram em situação de dependência (por doença, incapacidade ou isolamento social), com oferta da taxa de entrega. Produtores nacionais Para ajudar a produção nacional no escoamento de produtos nesta fase de emergência, o Continente integrou, em apenas duas semanas, 40 novos membros – produtores e associações de produtores – no Clube de Produtores Continente (CPC) e comprou mais cinco milhões de euros em bens agroalimentares no 1.º trimestre de 2020 em comparação com o ano anterior.

Tendo a situação da Covid-19 obrigado grande parte da população a ficar em casa durante um período excepcionalmente longo, nascia, dentro do Continente, a ideia de oferecer flores aos clientes. «Foi uma forma de trazer um novo ânimo aos clientes e aos seus lares, e promover tranquilidade e dias mais positivos numa altura que poderia ser mais desafiante para as famílias portuguesas», conta o director de Marketing. Além disso, a aquisição das flores acaba por significar um contributo ao respectivo fornecedor, que, como seria previsível, viu a procura pelos seus produtos e serviços diminuir. Responsabilidade em Portugal «A Distribuição Alimentar foi identificada como um serviço crítico pelo Governo e na Sonae MC estamos conscientes da nossa responsabilidade para com o País e para com os portugueses.

Neste ano, que está a ser inédito para todos, acreditamos que a nossa relação com o consumidor sairá ainda mais reforçada, mais resistente e confiante no futuro», comenta Tiago Simões. A Sonae MC acredita que faz todo o sentido continuar a comunicar com os clientes, já que continua a interagir diariamente nas lojas. É importante continuar a comunicar com o público quando estão em isolamento social, quando continuam a trabalhar ou quando começam a retomar a vida normal. «Este é um momento importante para as marcas, de reafirmarem o seu papel e o seu real propósito, de demonstrarem a sua responsabilidade social, reforçando a sua relevância, através de uma actuação baseada na transparência, na partilha de valores e no foco do que é efectivamente importante em cada altura», finaliza o director de Marketing.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...