Consumo de TV em Portugal subiu 32%: canais religiosos são os que mais crescem

Entre 30 de Março e 4 de Abril, o consumo de televisão saltou 32% em Portugal, face à mesma semana do ano passado. Dados da GfK/CAEM – EvoReporting mostram que todas as categorias registaram subidas nas audiências, com excepção dos canais desportivos – cuja descida de 82,6% poderá ser justificada com a interrupção de todas as competições.

Por outro lado, os canais religiosos foram os que viram as audiências crescerem mais, registando-se um aumento de 55,7%. Seguem-se os canais de notícias nacionais (52,9%) e os canais de filmes (44,9%). Registam-se também subidas nos infantis (36,1%), de documentários (28,5%), entretenimento (26,4%), notícias internacionais (22,5%) e lifestyle (16,8%), entre outros.

A SIC foi o canal mais visto na última semana, seguida pela TVI, RTP1 e CMTV, reforçando o interesse dos portugueses por conteúdos informativos desde que foi confirmado o primeiro caso de infecção por COVID-19 em Portugal. Os três canais que registaram maiores subidas percentuais de audiência foram a SIC Notícias (67,8%), RTP3 (59,3%) e Fox Movies (56,1%). Já as maiores subidas de espectadores foram registadas na SIC, RTP1, CMTV e TVI, de acordo com a mesma análise.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...