Consumo de cerveja a caminho de máximo de 10 anos

Caso o aumento de consumo de cerveja em Portugal mantenha o ritmo até agora verificado, «2017 será o ano com o maior crescimento da última década», afirma Tiago Aranha, Client Development manager da Nielsen. De acordo com o responsável, o primeiro semestre apresentou um crescimento de 10% em volume face ao período homólogo do ano passado.

Em antecipação do Dia Internacional da Cerveja, assinalado no próximo dia 4, a Nielsen revela ainda que são cerca de três milhões os lares que consumiram esta bebida em casa no último ano, representando 76% deste universo em Portugal. O número de visitas às lojas aumentou 11% neste período, “sendo este o principal driver do crescimento do consumo de cerveja em casa”.

Indivíduos entre os 26 e os 45 anos compõem a maioria dos consumidores de cerveja, sendo que o sexo masculino surge em destaque. Ainda assim, nota-se um aumento do consumo entre as mulheres. As regiões em que mais se bebe cerveja são Grande Lisboa e Litoral Norte.

Tiago Aranha considera que «a recuperação da conjuntura económica, o aumento do número de consumidores e as condições climatéricas favoráveis são três factores chave para que este crescimento de continue a verificar até ao final do ano».

O responsável explica ainda que as marcas devem encontrar formas de potenciar o consumo de cerveja fora do Verão, «de forma a conquistar mais consumidores regulares e a aumentar a frequência de compra». A sazonalidade, o não consumo de bebidas alcoólicas e o facto de não gostarem do sabor desta bebida são as barreiras apontadas pela Nielsen.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...