Companhia das Agulhas está a formar mini-costureiros

Todas as semanas, um grupo de crianças invade as instalações da Companhia das Agulhas, em Lisboa, para se dedicar às linhas e aos botões. Tudo por causa do programa Férias a Costurar, criado a pensar nos tempos livres dos mais novos em pleno Verão.

Além de costurar, os participantes aprendem crochet, tricot, bordado, macramé e tecelagem, terminando as férias com o título de mini-costureiros. Até Setembro, há novos programas a começar todas as semanas: “Devido à enorme adesão e elevado número de inscrições neste Verão, decidimos estender a temporada especial dos mais novos e recebê-los até ao início do ano escolar”, explica a Companhia das Agulhas, em comunicado.

Durante os cinco dias passados entre tecidos, os participantes podem criar peças de roupa, fatos-de-banho, bolsas, estojos, mochias, pulsieras e elásticos, entre outros, sendo que é dada especial atenção à transformação de vestuário antigo. Podem participar crianças e adolescentes a partir dos oito anos.

«As Férias a Costurar enchem-me o coração. Temos a escola cheia de crianças que, em vez de se ocuparem com os tablets e outros gadgets que todos conhecemos hoje em dia, estão super empenhadas nos seus projectos, praticamente nem nos deixam almoçar! Querem só costurar, bordar, fazer crochet e tricot ou tecelagem… E ver as suas criações terminadas!», comenta Sofia Craveiro, fundadora da Companhia das Agulhas.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...