Como seria um mundo sem gráficas ou papel? Esta campanha explica

Sem o trabalho das indústrias gráficas e transformadoras de papel, como é que sabemos qual é a validade de uma salada? Ou quantos comprimidos se deve tomar para que a dor de cabeça passe? A mais recente campanha promovida pela associação do sector visa lembrar a importância do papel desempenhado por estas empresas na economia nacional.

Segundo a APIGRAF – Associação Portuguesa das Indústrias Gráficas e Transformadoras do Papel, trata-se de uma campanha de sensibilização e alerta sob o mote #somostodosgraficos. A ideia é também motivar todos os envolvidos que, directa ou indirectamente, influenciam ou são influenciados pelo trabalho desta indústria. Desde os empresários à frente das companhias que produzem bens essenciais aos trabalhadores e consumidores.

Em comunicado, a associação lembra que o sector é responsável pela produção de alguns dos produtos de maior premência num estado de emergência e essenciais à economia. são exemplo disso as embalagens alimentares, bulas farmacêuticas, embalagens de transporte e protecção, etiquetas, sinalização, cartazes, papel de higiene geral e sanitária e informação impressa (incluindo imprensa), entre outros.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...