Como são os pais Millennials?

Criada pelos chamados Baby Boomers, a geração Millennial está a rejeitar o tipo de educação que os seus pais lhes deram. Por serem os primeiros a nascer e a crescer com soluções pensadas especialmente para si (canais Disney Channel e Nickelodeon, por exemplo), não querem anular-se só porque tiveram filhos. Por isso mesmo, procuram produtos, serviços e experiências que possam envolver toda a família e agradar tanto aos mais novos como aos mais crescidos.

A conclusão está patente num artigo de opinião assinado por Sarah Holmes, senior vice president at Magid, para a Adweek. A responsável da consultora dedicada a temas relacionados com pais e filhos considera que a geração anterior colocou as necessidades das crianças à frente das suas. Os Millennials, por outro lado, preferem uma abordagem colaborativa e inclusiva.

«Esta geração de pais acredita que todos devem ser tidos em conta e esperam publicidade mais personalizada e individualizada», comenta Sarah Holmes. As marcas devem, neste sentido, oferecer soluções que envolvam todo o agregado familiar, mostrando qual o benefício disponível para cada um dos membros.

A responsável divulga ainda alguns dados sobre esta nova geração de pais: 40% dos lares com crianças têm na mãe a única ou principal “ganha-pão”; as mulheres Millennial estão a casar, em média, aos 27 e a ter filhos aos 26 (em 1970, ambos os marcos aconteciam aos 21 anos).

Além disso, no que diz respeito ao lado mais tecnológico da vida, 70% dos pais Millennials têm um smartphone e um tablet (vs 56% dos não-pais) e 27% das famílias com crianças planeia não ter um serviço pago de televisão, preferindo opções de streaming e on-demand.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...