Como o Estoril Open se reinventou

Sem público nas bancadas, aquele que é o maior torneio de ténis do País – ranking ATP – teve que alterar forma e formato. Investiu nas plataformas digitais e conteúdos e os sponsors, como o Millennium bcp, não ficaram de fora.

Texto de M.ª João Vieira Pinto

Pela primeira vez na sua história, o Millennium Estoril Open apenas teve público a assistir por TV e plataformas digitais. O que levou, claro, a que se reinventasse, depois de em 2020 simplesmente não ter acontecido. É que, para se ter uma pequena ideia da dimensão daquele que é um dos maiores eventos de relações públicas em Portugal, em 2019 tinham passado pelo Clube de Ténis do Estoril qualquer coisa como 42 mil pessoas, às quais há a acrescentar ainda as que seguiram o torneio à distância. Destas, e segundo dados da organização, cerca de sete mil foram com convite – lá está, de marcas que ano após ano têm marcado presença ao longo de dias, que vão muito para além de jogos de ténis. É que a organização liderada por João Zilhão sabe que aquele é espaço por excelência para convívio e networking, pelo que este também é o único torneio de ténis, no mundo, com restaurante sentado para 800 pessoas e vista directa para o court central.

Para ler o artigo na íntegra consulte a edição de Maio de 2021 da revista Marketeer.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...