Como escolhem os portugueses onde vão jantar?

A experiência gastronómica é o factor mais importante na seleçcão de um restaurante (71%), segundo avança o TheFork. Um estudo elaborado pela plataforma de reserva de mesas indica que, este ano, apenas metade dos seus utilizadores escolheu o local para almoçar ou jantar com base no desconto disponível – sendo que o TheFork disponibiliza ofertas de até 50% numa selecção de estabelecimentos.

Ambiente (41%), localização e serviços (40%) também são factores muito apontados. A popularidade, por outro lado, é um aspecto com pouco peso (apenas 2%) na escolha de um restaurante. Acima de tudo, os portugueses procuram uma experiência de entretenimento fora de casa.

O TheFork indica ainda que mais de metade das reservas (54%) são para duas pessoas e que sábado é o dia da semana com mais reservas (23%), seguido de sexta-feira (19%) e quinta-feira (14%). O jantar é a refeição mais popular, reunindo 69% das reservas. Em média, os utilizadores da plataforma fazem a reserva com seis horas de antecedência, embora 21% efectue a mesma a menos de uma hora do pretendido.

Já o orçamento médio para consumo num restaurante, em Portugal, correspondeu a 20 euros por pessoa, em 2019. Os três tipos de cozinha mais procurados foram tradicional portuguesa, japonesa e internacional.

Quanto ao comportamento pós-refeição, 45% dos utilizadores do TheFork submete uma avaliação e 23% escreve comentários.

Top 10 dos restaurantes mais reservados via TheFork

1 – Laurentina – O Rei do Bacalhau (Lisboa)

2 – Palácio Chiado (Lisboa)

3 – Bistro 100 Maneiras (Lisboa)

4 – Seen (Lisboa)

5 – Contrabando Restaurante e Bar (Lisboa)

6 – DesNorte (Lisboa)

7 – Yakuza First Floor (Lisboa)

8 – Frade Dos Mares (Lisboa),

9 – Cafeína (Porto)

10 – Il Vivaldi – Mediterranean Cuisine (Funchal)

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...