Como é gerir o Marketing da Burger King à distância?

À semelhança de muitas outras empresas, também a Restaurant Brands International adoptou o teletrabalho. A dona de marcas de restauração como Burger King, Tim Hortons e Popeye está a gerir as várias equipas à distância, incluindo o departamento de Marketing liderado pelo brasileiro Fernando Machado.

Eleito CMO of the Year pela AdAge, o responsável conta que todos estão a trabalhar remotamente e que existem algumas adaptações a fazer. Numa entrevista via videochamada à AdAge, adianta que é possível, por exemplo, que um dos seus filhos apareça ou se faça ouvir, algo que se tornou natural nas reuniões também da empresa.

Numa reunião com colaboradores do outro lado do Mundo, o filho mais velho interrompeu para pedir iogurte e Fernando Machado garante que nenhum dos participantes se importou. «As empresas estão a aprender a ser mais flexíveis e as pessoas estão a aprender a ser mais empáticas. Por vezes, esquecem-se de que as pessoas têm uma vida», afirma.

E será que esta abordagem ao trabalho se vai manter? O CMO da Restaurant Brands International confessa que tem pensado muito nisso. «Não está só a criar mais empatia, como também está a promover lideranças mais autênticas», diz. A vida profissional está a misturar-se com a pessoal, mesmo no caso dos executivos.

Alerta, porém, que poderá não ser uma situação sustentável para todos os profissionais. Ainda assim, as empresas deverão tornar-se mais abertas num mercado pós-pandemia e as pessoas terão menos receio de dar a conhecer algumas partes das suas vidas.

Quanto à estratégia de comunicação da marca Burger King, da qual também é director de Marketing, Fernando Machado sublinha que a prioridade neste momento é assegurar ao público de que todas as medidas de segurança estão a ser tomadas. Querem garantir que os consumidores sabem que o Burger King é uma «opção segura de comida» – seja através dos serviços de entrega ou de drive thrus contactless.

Ao mesmo tempo, querem ajudar as pessoas a sorrir e perceber como podem acrescentar valor. É por isso, explica ainda, que a marca não lançou recentemente nenhuma campanha dirigida aos seus concorrentes, como é apanágio do Burger King. «Não é o contexto certo», mas no futuro deverão voltar a esse tipo de paródias e picardias.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...