Coca-Cola defende-se de Cameron

Há dias, em plena Câmara dos Comuns, o primeiro-ministro britânico declarou estar a evitar que os seus três filhos bebam Coca-Cola.

David Cameron discursava sobre um dos maiores desafios actuais do Reino Unido, a saúde pública. E foi precisamente nesse âmbito que disse: “Enquanto pai que tenta evitar que os seus três filhos bebam quantidades excessivas de Coca-Cola, sei como este é um enorme desafio”.

A empresa já veio responder e fez questão de dizer que as suas bebidas podem ser consumidas em qualquer plano de “balanced lifestyle”.

Hilary Quinn, director de marca para a Europa Ocidental sublinhou: «Toda a gente tem direito à sua opinião e tenho a certeza que David Cameron sabe bem que um estilo de vida ‘balanced’ tem em atenção o número de calorias».

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...