Chef Nuno Bergonse recria “A Última Ceia”

Depois de nomes como Miguel Laffan, Kiko Martins, Henrique Sá Pessoa ou Rui Paula terem sido desafiados a recriar “A Última Ceia”, é a vez de o chef Nuno Bergonse arregaçar as mangas. O convite é lançado pelo canal História, que há oito anos comemora a Páscoa com o desenvolvimento de um menu especial inspirado numa das mais refeições mais conhecidas do Mundo.

A ideia é adaptar a ceia de Jesus Cristo com os apóstolos, oferecendo-lhe alguma modernidade. O resultado final não deve, porém, perder as bases históricas, frisa o canal de televisão em comunicado. Segundo o História, está a ser preparada uma programação especial que mostra o processo criativo e a reinterpretação deste menu.

A proposta do chef Nuno Bergonse poderá ser conhecida ao pormenor no dia 3 de Abril, pelas 22h10, mas já se sabe quais serão as receitas: ovo dourado com lentilhas e queijo de cabra para entrada, cordeiro com tâmaras e tubérculos como prato principal e, por fim, pudim de pão e passas com amêncoas e gelado de cardamomo.

O chef aposta em produtos da época para associar uma mensagem histórica a cada um dos pratos. No caso da entrada, por exemplo, Nuno Bergonse conta ter escolhido o ovo «como elemento central, uma vez que este é um símbolo universal de nascimento e criação. Representa também o início de um novo ciclo».

O canal História explica ainda que a ementa criada pelo chef foi desenhada tendo em conta o contexto social de partilha e conforto do restaurante solidário É um Restaurante – que emprega pessoas que estiveram em situação de sem abrigo – em combinação com o contexto histórico do tema “A Última Ceia”.

«Decidimos convidar este ano no chef Nuno Bergonse pela sua mestria e paixão pela gastronomia, mas também por reunir valores solidários como a partilha e o ajudar o próximo, valores esses que nos remetem para esta época cristã. Esta colaboração em que a sofisticação e criatividade andam de mãos dadas com a simplicidade e tradição deixa-nos muito satisfeitos e permitiu-nos trazer a este projecto a simbiose apropriada a esta celebração», conta Carolina Godayol, directora-geral do The History Channel Ibéria.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...