Champions rende 45 milhões de euros a Lisboa

1987338_w2_rsA final da UEFA Champions League deverá gerar mais de 45 milhões de euros à economia lisboeta, com as dormidas a contribuírem em mais de metade deste valor.

Estes dados resultam de um estudo do IPAM (Instituto Português de Administração de Marketing) que prevê um impacto de 46,3 milhões de euros na capital lisboeta, resultante da final da Liga dos Campeões. Deste valor, 54% será proveniente do sector hoteleiro que prevê mais de 50 mil dormidas na capital. A restauração deverá receber cerca de 22% das receitas fruto dos 70 mil visitantes que se deslocarão a Lisboa para assistir à final. A cidade lisboeta deverá servir 400 mil refeições e registar 50 mil deslocações internas.

A final da Liga dos Campeões 2014 deverá gerar um impacto económico global de cerca de 410 milhões de euros, entre gastos com restauração, viagens, receitas de bilheteira, publicidade, segurança, merchandising e direito televisivos. Deste valor, 38% (154 milhões de euros) deverá ser absorvido pela economia espanhola, dado que as equipas finalistas desta competição são oriundas da capital daquele país. Só os consumos realizados em casa e na restauração, antes, durante e após o encontro, deverão movimentar mais de 100 milhões de euros em Espanha.

Real Madrid e Atlético de Madrid irão medir forças no próximo sábado no Estádio da Luz, às 19h45, para decidir qual será o vencedor da final da Champions.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...