Calçado vai crescer 9% em 2011

BotasAs exportações da indústria portuguesa de calçado aumentaram 20,2%, o que representa o melhor desempenho dos últimos 17 anos. A indústria portuguesa de calçado exportou, nos primeiros 9 meses do ano, calçado no valor de 1.231 milhões de euros, praticamente o mesmo valor exportado na totalidade de 2010.

Segundo a Associação Portuguesa dos Industriais de Calçado, Componentes, Artigos de Pele e seus Sucedâneos (APICCAPS), que cita dados do INE, o desempenho da indústria portuguesa de calçado é, ainda, 4 pontos percentuais superior ao da média da economia nacional. “Importa realçar que de Agosto para Setembro, com a excepção dos produtos minerais, o calçado foi o único dos grandes sectores da indústria transformadora a melhorar o seu desempenho relativo. Nota de grande relevo para o facto de as exportações estarem a crescer o triplo das importações”, diz a associação em comunicado.

De acordo com a APICCAPS, em 2011, o calçado reforçará o seu peso como sector que mais positivamente contribui para a balança comercial portuguesa. Nos primeiros nove meses do ano, o saldo comercial do sector é superior a 800 milhões de euros.

A indústria portuguesa exporta actualmente calçado para 132 países, nos cinco continentes, estando a crescer em praticamente todos os mercados, nomeadamente na Europa, mas em especial em novos mercados de elevado potencial de crescimento como Canadá, China, EUA, Japão, Países Árabes ou Rússia.

Segundo o “Índice Previsão APICCAPS”, o sector do calçado deverá crescer 9% na totalidade de 2011, sendo, deste modo, um ano de forte afirmação do calçado português nos mercados internacionais, para onde se dirige 95% da produção.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...