Super Bock Group: Para a Super Bock, a amizade é um compromisso

Em 2015, a Super Bock assumiu o seu compromisso com a Amizade. Este Verão volta a enaltecê-lo, sublinhando a forma como todos a devemos estimular no dia-a-dia. Este ano, de resto, e conforme lembra Bruno Albuquerque, director de Marketing de Cervejas do Super Bock Group, este é um mote que faz ainda mais sentido, ou não procurássemos todos formas alternativas para estar com os amigos. «Todos nós, a nível pessoal, nos identificamos com esta realidade. Seja através de uma videochamada ou de um chat, a verdade é que desde o início da pandemia fomos obrigados a colocar a amizade, muitas vezes, em segundo plano. E foi exactamente a pensar nisso que criámos a campanha “Vamos pôr a cerveja em dia?”.» Uma campanha que pretende ser um convite aos amigos para que voltem a estar juntos, a criar novas memórias, mas cumprindo todas as normas de saúde e segurança em vigor.

A campanha será o grande alicerce de Super Bock, este Verão. Ao manter a dinâmica de comunicação que já lhe é habitual – mas sem esquecer o contexto global que estamos a viver e assumindo todos os constrangimentos que a pandemia tem gerado – a mensagem principal vai manter-se à volta da Amizade. «Com esta nova campanha, pretendemos que os amigos ponham “a cerveja em dia” e voltem a reencontrar-se, com toda a segurança.» Já a comunicação de Carlsberg manter-se-á tendo por base não só o legado cervejeiro, mas também o posicionamento sustentável e as preocupações ambientais da marca, tal como temos vindo a dar a conhecer ao longo de 2021.

Em termos de presença, o objectivo passa por estar perto dos consumidores através do digital, nomeadamente através das redes sociais e agora também com o serviço personalizado da Super Bock Store. «Assim que as restrições forem levantadas e que as condições permitam as diferentes actividades e activações, vamos novamente estar no terreno, uma vez que é nesse formato que nos sentimos verdadeiramente “em casa”.»

Bruno Albuquerque não esconde que, à semelhança de 2020, o desejo é trazer acções e conteúdos que acrescentem valor e que sejam reflexo do compromisso de proximidade do grupo com os consumidores, com foco nos lançamentos previstos. «Com toda a incerteza que ainda existe, estamos a gerir o ano com uma enorme prudência e com muita flexibilidade, no sentido de conseguirmos dar uma resposta rápida e eficaz ao que está por vir», declara o responsável. Mas Bruno Albuquerque faz questão de avançar que, e apesar do contexto, no primeiro semestre de 2021 manteve-se o dinamismo que caracteriza o Super Bock Group, com vários lançamentos inovadores no mercado nacional e com resultados positivos. Em Super Bock destaca a campanha “Amigos, Amigos, Cervejas à Parte”, criada para dar a conhecer a edição especial de garrafas com gargantilhas de cores diferentes. «Era muito importante criarmos uma solução que permitisse aos amigos voltarem a estar juntos, a desfrutarem de uma Super Bock e em segurança. Esta campanha foi lançada num momento muito importante em Portugal, numa nova fase do programa de desconfinamento que, entre outras medidas, permitiu a reabertura de cafés e restaurantes, o que possibilitou voltar a consumir nestes estabelecimentos.»

Já em Carlsberg, em linha com o compromisso do Super Bock Group com a sustentabilidade, houve um maior enfoque no posicionamento sustentável da marca, com o lançamento do snap pack (ponto de cola que une seis latas de cerveja), a criação de esplanadas 100% recicláveis para o Verão e, mais recentemente, com o anúncio da parceria com a ANF|WWF.

Por sua vez, em Selecção 1927, foram lançadas duas novas edições especiais de cerveja, a Barrel Aged Blond Ale e a Dunkelweizen, que procuraram reforçar a mestria da marca e as suas credenciais cervejeiras, permitindo-lhe continuar a introduzir diversidade no mercado e ir ao encontro das apetências do consumidor.

E no que diz respeito a Somersby, introduziu, sob a chancela da marca, a primeira sidra de maçã com lúpulo no mercado português, sendo produzida com recurso à técnica de dry hopping que, normalmente, é usada no fabrico de cerveja, e que lhe confere um carácter menos doce.

Campanhas e acções

Ainda no mês de Junho foi então criada a Super Bock Store, depois da marca perceber que, com a pandemia, era necessário apostar ainda mais no online. «As plataformas de e-Commerce apresentam um grande potencial perante aquelas que são as novas tendências de consumo e hábitos de compra. São canais bastante valorizados e cada vez mais utilizados pelos consumidores. A Super Bock Store é uma inovação do Super Bock Group, dedicada à experiência e diversidade cervejeira, através da qual pretendemos, de uma forma eficaz e conveniente, proporcionar o acesso a cervejas experimentais, a packs exclusivos e a merchandising das diferentes marcas da empresa», explica, sublinhando de novo o quanto é fundamental para o grupo continuar a estar próximo do consumidor, «a identificar novas oportunidades e surpreendê-lo, também através do digital».

Sem avançar dados concretos, Bruno Albuquerque confere, contudo, que esta é uma inovação que «está a ser muito bem recebida pelos consumidores».

Mas como marca “irrequieta” que é, são várias e contínuas as acções ao longo do ano. “Para os acabadinhos de sair, uma acabadinha de tirar” foi mote de um projecto através da qual ofereceu a primeira cerveja de pressão em até 200 estabelecimentos aderentes. Uma acção que, assegura o responsável de Marketing, permitiu oferecer cerca de 10 mil cervejas Super Bock de pressão: «Foi implementada para assinalar o regresso dos consumidores ao canal Horeca e apoiar a cerveja de pressão. Dado o nível de interesse e participação obtido, podemos claramente afirmar que ultrapassou as expectativas.»

Parcerias e apoios

Mais ainda, logo em Maio arrancou a segunda edição do Tomorrow Tourism Leaders – Super Edition, competição promovida pelo Fórum Turismo e o Super Bock Group, com o apoio do Turismo de Portugal. Uma ideia que procurou, de novo, apoiar o canal Horeca, trazendo inovação e espírito empreendedor para a restauração e a hotelaria em Portugal. «Sentimos que a linha temporal da pandemia trouxe espaço para este sector se reinventar a nível nacional e potenciar ainda o crescimento sustentado do turismo. Até ao momento, podemos afirmar que esta edição tem vindo a superar as nossas expectativas, uma vez que recebemos mais de 200 ideias, que estão prestes a traduzir-se em seis projetos finalistas. Ficámos positivamente surpreendidos pela qualidade das candidaturas e acreditamos que será tarefa difícil para os membros do júri seleccionar o vencedor na Super Final, que se irá disputar dia 10 de Setembro, em Lisboa.»

Relativamente aos projectos futuros na vertente de sustentabilidade no turismo, o responsável refere que existe ainda muito caminho por trilhar: «No próximo ano lectivo pretendemos desafiar o ensino, através de um Campeonato Nacional de Escolas, com o intuito de apresentar sugestões para eventos sustentáveis. Estamos a planear uma forma de envolver várias escolas e faculdades de Portugal, para levar professores e alunos a olharem cada vez mais para a sustentabilidade como a única forma possível de se encarar o futuro. Acreditamos que a academia pode ser o ponto de viragem a este nível, e de onde podem vir a surgir excelentes ideias, projectos e eventos.»

Recuando ao início do ano, a Super Bock renovou o seu patrocínio à Liga Portugal, reforçando o seu estatuto de Cerveja Oficial da competição, bem como o compromisso com o futebol, um território ao qual está associada há mais de 25 anos. «O trajecto que temos feito em conjunto orgulha-nos muito, na medida em que conseguimos ter uma colaboração mais próxima com os clubes e com as várias entidades, sempre com o objectivo de estarmos junto dos adeptos e a promover o convívio. Este patrocínio é ainda mais relevante no contexto que estamos a viver, extremamente desafiante, em que é necessário arranjar novas formas de comunicar com os adeptos, pois o convívio e os momentos no estádio estão limitados», lembra o responsável.

Para os próximos anos, e no que toca a este território em particular, a intenção é reforçar a ligação emotiva com os adeptos e poder continuar a proporcionar-lhes experiências únicas de viverem a paixão pelo futebol, nomeadamente no regresso do público aos estádios. «Recordo que, na última época desportiva, a Super Bock criou uma “Super Experiência” exclusiva, que permitiu aproximar os adeptos o mais possível da sensação única de ir ao estádio através da oportunidade de assistirem a alguns jogos, em directo via Microsoft Teams. Os adeptos estavam visíveis num ecrã de 3,5 m por 30 m colocado no estádio do Sporting.»

Parceria campeã

Em Junho, a Super Bock renovou a parceria com o Sporting CP, num projecto que une ambas as partes desde há 12 anos e que tem permitido, segundo Bruno Albuquerque, «aliar o melhor do desporto à melhor cerveja, estar próximo dos adeptos e celebrar, enquanto parceiros, todas as conquistas, fazendo parte da história de um dos clubes mais acarinhados a nível nacional». Sendo um percurso que se faz lado a lado há mais de uma década, é visto e percebido como sinal de confiança e de reconhecimento mútuo.

Inovação e sustentabilidade

No contexto global do Super Bock Group, tem sido um ano de maior interiorização do conceito de desenvolvimento sustentável, de forma a conseguir responder aos novos desafios do negócio, com a adopção de boas práticas e de reforço de parcerias. Exemplo disso é o recente Pacto para a Gestão da Água, que permite continuar a identificar as soluções mais sustentáveis ao longo de toda a cadeia de valor.

«O Super Bock Group, fruto dos projectos de investimento que tem desenvolvido na organização há vários anos, tem um dos melhores rácios da indústria cervejeira da Europa: três litros de água por litro de bebida produzida (desde que a matéria-prima entra na empresa até que sai o produto), possui um peso relevante do seu negócio em embalagens reutilizáveis (quer em garrafa, quer em barril), e tem vindo a reduzir a utilização de plástico em mais de 20 mil toneladas, fruto de vários projectos onde destacamos a redução de utilização de plásticos de uso único, substituição de copos de plástico por reutilizáveis, recurso ao eco-design no packaging ou a incorporação de rPET em embalagens primárias e secundárias», afirma Bruno Albuquerque.

Este artigo faz parte do Caderno Especial “Marketing de Cervejas”, publicado na edição de Agosto (n.º 301) da Marketeer.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...