PPG Dyrup: A cor da inovação

Apesar das dificuldades provocadas pela pandemia de Covid-19, o mercado das tintas registou um crescimento superior a 10% em 2020. Com o aumento do tempo passado em casa, mais pessoas aproveitaram este período para renovarem os seus espaços interiores, seja pela necessidade de reorganizar as divisões devido ao home office, ou pela simples vontade de tornar estes espaços mais confortáveis e acolhedores. Também os espaços exteriores, desde pequenas varandas a áreas de maior dimensão com jardim e piscina, foram alvo de renovações.

Presente no mercado português há mais de 70 anos, a PPG Dyrup – que distribui marcas como Dyrup, Bondex, Xylophene e PPG, entre outras – procurou responder da melhor forma a estas e outras tendências, através da inovação. Tendo como pilares estratégicos a qualidade e inovação, a empresa procura continuamente antecipar necessidades, assegurar o sucesso dos seus produtos e a sustentabilidade das suas operações.

Uma das novidades introduzidas pela PPG Dyrup é a Air Pure, uma tinta com resinas à base de recursos renováveis que purifica o ar interior. Este produto tem a capacidade de reduzir até 70% as partículas de formaldeído no interior das habitações, sem comprometer a sua qualidade e desempenho. Além disso, é uma tinta sustentável, uma vez que detém a mais alta classificação na qualidade do ar interior (A+) e utiliza uma embalagem 100% reciclada, reduzindo assim o consumo de energia, água e outros recursos naturais.

Entre o vasto rol de novidades lançadas recentemente pela PPG Dyrup, está também o novo catálogo de cores Chromatic® Fachadas, composto por 250 tons de cor exclusivos, que pretende inspirar, aconselhar, facilitar e impulsionar a realização de todos os projectos de cor e pintura; a nova gama PPG Light Protective Coatings, composta por produtos de alta performance para a protecção e decoração de pavimentos e metal, de fácil aplicação; e, já no início deste ano, a nova tinta de interior Dyrumaster Evolution, que, além de ser ecológica e ter classificação A+, foi a tinta que, em testes cegos, revelou ter a melhor opacidade entre vários dos produtos concorrentes testados.

«A inovação é uma prioridade e um dos aspectos que consideramos fundamental para continuar a fazer crescer o nosso negócio. É um desafio incontornável que nos tem guiado ao longo destes anos para apresentar continuamente ao mercado soluções diferenciadoras e de valor acrescentado para os nossos clientes», sublinha Gonçalo Cunha Gomes, Marketing manager da PPG Dyrup.

Já conhece as cores do ano?

Reforçando o posicionamento de especialista na área da cor, a PPG Dyrup tem procurado também antecipar e ditar as grandes tendências nesta área: os designers e especialistas da empresa definiram o Beige Plage como a cor do ano 2021. Contrariando o tom neutro dos cinzas, este bege é também uma cor neutra, mas mais quente e calmante.

Além da cor do ano, a PPG Dyrup sugere a combinação com outros dois tons: o Ocre Bledow, que é ainda mais quente e profundo, inspirado nos tons terracota, que são uma tendência que veio para ficar; e o Vert Myrthe, uma sugestão para quem prefere um ar mais fresco, tratando-se de um tom de menta pastel, mais leve e perfeito para combinar com madeiras escuras e estilos jungle. Estas combinações de cor prometem marcar a tendência deste ano, até porque, «apesar do desconfinamento, o foco na casa parece ter vindo para ficar, pelo que a procura por produtos de interior, fachadas e madeira deverá manter-se», frisa Gonçalo Cunha Gomes.

Apesar da pandemia, também o sector da construção nova e reabilitação não parou, o que potenciou a venda de tintas e vernizes no ano passado. Também nesta área, a PPG Dyrup imprimiu uma forte dinâmica, com o lançamento de novos produtos Dyrup, especialmente focados no segmento de fachadas. O portefólio da marca foi reforçado com melhorias de fórmulas e com novos produtos.

Neste âmbito, destaca-se o lançamento do Dyrutex, com melhorias significativas da opacidade e proporcionando uma maior durabilidade e resistência à intempérie; Cola & Barra Fibrado, uma argamassa de colagem para reabilitação de fachadas e colagem de sistemas ETICS; e Dyruplaster Acryl Liso, uma inovação “made in Portugal”, desde o seu desenvolvimento à produção, com um acabamento totalmente liso.

Ainda na categoria de fachadas, a PPG Dyrup lançou um produto inovador, o Silicato TT, que se destaca por ser aplicável em diversos suportes, incluindo tintas orgânicas ou plásticas. Trata-se de uma tinta de acabamento mineral para fachadas, indicada para edifícios que exigem elevada permeabilidade ao vapor de água, ou quando se pretende conferir um aspecto rústico aos edifícios.

Já na categoria de woodcare, as principais novidades são o relançamento de Bondex Pavidur, com uma nova fórmula, e o lançamento de Xylophene Hydro, um produto aquoso com eficácia comprovada no tratamento das madeiras. «Apesar da crise provocada pela pandemia, a maioria destes produtos está a superar as expectativas de vendas, o que comprova a sua alta qualidade e valor acrescentado », sublinha o responsável.

Posição consolidada no mercado

A PPG Dyrup pertence ao Grupo PPG, líder global em tintas, revestimentos e materiais, que mantém operações em 70 países e conta com mais de 156 fábricas e 47 mil colaboradores em todo o mundo. Em 2020 atingiu 13,8 mil milhões de dólares em vendas líquidas e ocupa o lugar 209 do ranking da Fortune 500. O negócio da PPG está dividido em dois grandes segmentos – Performance Coatings e Industral Coatings. No segmento Performance Coatings, fornece produtos para o sector aeroespacial, repintura automóvel, marítimo e construção civil; e no segmento Industral Coatings, produtos para a indústria, sector automóvel, embalagens, revestimentos e materiais especializados.

Actualmente, a empresa conta com uma vasta rede de parceiros credenciados no retalho especializado e na grande distribuição em Portugal, que ascende a mais de 1500 pontos de venda, o que lhe permite «acompanhar de forma directa a evolução das preferências, gostos, tendências e requisitos técnicos dos profissionais do sector e do público em geral », conforme frisa Gonçalo Cunha Gomes.

Em 2020, e fruto também da sua forte ofensiva de produto, a PPG Dyrup registou uma performance «superior à evolução do mercado, o que se traduziu em conquista de quota de mercado», adianta o responsável. Além da marca Dyrup, direccionada ao sector da construção, também as marcas Bondex e Xylophene, especialistas e líderes no segmento de tratamento, protecção e decoração de madeiras, obtiveram resultados históricos e têm neste momento uma quota de mercado superior a 50%. Já a marca PPG – Protective & Marine Coatings, que actua na produção e distribuição de produtos e revestimentos para os sectores marítimo, petroquímicos, construção civil, energia e exploração mineira, teve um crescimento superior a 35%.

Para 2021, o objectivo da PPG Dyrup passa por «manter o ritmo do último ano e, apesar dos indicadores económicos, acreditamos que esta tendência se irá manter. Por isso, as perspectivas são muito positivas e os principais objectivos são impulsionar o crescimento do negócio, acelerar a digitalização e a consolidação das nossas marcas no mercado nacional », aponta Gonçalo Cunha Gomes.

Este artigo faz parte do Caderno Especial “Marketing de Tintas”, publicado na edição de Abril (n.º 297) da Marketeer.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...