Burger King muda a dieta das vacas: menos metano e mais citronela

A Burger King tem um novo artigo no menu que promete ser mais amigo do ambiente. A cadeia de restauração está a testar nos Estados Unidos da América uma versão da sanduíche Whopper cujo hambúrguer é feito a partir de vacas que têm uma dieta “low-methane”. Isto significa que os animais consomem 100 gramas de citronela por dia para reduzir os níveis de metano produzidos.

Miami, Nova Iorque, Austin, Portland e Los Angeles serão as primeiras cidades a receber a novidade, que terá carácter temporário. “Estamos a trabalhar para mudar a dieta das nossas vacas e ajudar a combater as alterações climáticas”, adianta a Burger King, que tem vindo a colaborar com cientistas para tentar minimizar o impacto da carne utilizada nos seus hambúrgueres.

De acordo com resultados iniciais desta iniciativa, reportados pela CNBC, uma dieta com citronela permite cortar em cerca de um terço as emissões diárias de metano nos últimos três a quatro meses de vida de uma vaca.

Este não é o primeiro esforço da Burger King no sentido de oferecer alternativas mais sustentáveis aos seus clientes. A marca tem também apresentado opções vegetarianas e estabeleceu até uma parceria com a Impossible Foods (que se dedica ao desevolvimento da chamada “carne falsa”).

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...