Beber café pode salvar a sua vida

Sabia que cerca de 20% dos acidentes rodoviários tem como culpado o sono? Para combater uma das principais causas da sinistralidade nas estradas portuguesas, a Associação Industrial e Comercial de Café (AICC) juntou-se à Prevenção Rodoviária Portuguesa (PRP) para lançar a campanha “Café e o Estado de Alerta”.

A intenção é sensibilizar para os benefícios do café enquanto bebida que ajuda a aumentar o estado de vigília, essencial para uma condução segura. À Marketeer, a AICC explicou que a campanha teve o seu início em 2013, já com o apoio da PRP, pelo que esta nova fase surge como uma continuidade, até porque o problema ainda permanece por resolver. Dados da Associação Portuguesa do Sono revelam que 23% dos condutores relatou que já sentiu fadiga extrema ao volante e 3% acabou mesmo por adormecer.

O lançamento da campanha “Café e o Estado de Alerta” surge também para satisfazer a necessidade da AICC em «ter um papel pedagógico, tal como aconteceu com o programa “Café & Saúde”». A lição a tirar passa pela cafeína ser «um estimulante natural e o seu mecanismo de acção potenciar o estado de alerta».

Se em 2013, o destaque da campanha foi para os outdoors nas estradas, este ano a mensagem será veiculada através de pacotes de açúcar. Delta, Lavazza, Novo Dia, Nicola, Buondi e Cafés Portela são algumas das marcas que aderiram à iniciativa, sendo que «houve outras que optaram por fazer a divulgação da campanha através do meios de que dispõem, incluindo sites e Facebook».

Texto de Filipa Almeida

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...