Avon diz “chega” aos estereótipos sobre mulheres

Com o Dia Internacional da Mulher como pano de fundo, a Avon desafia todas as mulheres a falarem e a lutarem contra a linguagem estereotipada tantas vezes utilizada para silenciar o sexo feminino. A marca pede o fim das palavras e frases pejorativas e incentiva à partilha de histórias na primeira pessoa.

O movimento #SpeakOut dirige-se a mulheres mas também a homens, uma vez que esta é uma questão que diz respeito a todos. Segundo a Avon, trata-se de uma resposta à crescente divisão de géneros demonstrada pelo mais recente relatório do Fórum Económico Mundial: ao ritmo actual, a paridade de género está ainda a 99,5 anos de distância.

Para ajudar a reduzir este número, a Avon conversou com revendedores da marca de vários pontos de planeta e seleccionou algumas palavras usadas para descrever, criticar e estereotipar as mulheres de forma negativa. É o caso de “lippy” em inglês, mas também de “vorlaut” em alemão ou “mandona” em espanhol.

Como se combate isto? Através da partilha de histórias e selfies que coloquem em causa e questionem essas expressões. A Avon incentiva a que as publicações surjam acompanhadas da hashtag #SpeakOut para que seja possível compilá-las numa galeria global de celebração feminina.

A Avon compromete-se também a doar 10 milhões de dólares (cerca de 8,95 milhões de euros) para causas relacionadas com mulheres, desde educação a violência de género ou cancro da mama.

A campanha decorrerá ao longo de todo o ano, culminando na primeira edição dos Avon #SpeakOut Awards, em Novembro. Os novos prémios terão como objectivo reconhecer indivíduos e organizações que ajudaram as mulheres a encontrarem as suas vozes.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...