Autoridade da Concorrência aprova OPA de Mário Ferreira sobre a Media Capital

O Conselho da Autoridade da Concorrência (AdC) informa que adoptou uma decisão de não oposição na operação de concentração da Pluris Investments/Media Capital, o que significa que a Oferta Pública de Aquisição (OPA) de Mário Ferreira sobre a dona da TVI obteve luz verde.

“Em 26 de Janeiro de 2021,o Conselho de Administração da Autoridade da Concorrência, no uso da competência que lhe é conferida pela alínea d) do n.º 1 do artigo 19.º dos Estatutos, aprovados pelo Decreto-Lei n.º 125/2014, de 18 de Agosto, delibera adoptar uma decisão de não oposição, à operação de concentração, nos termos da alínea b) do n.º 1 do artigo 50.º da Lei da Concorrência”, indica esta entidade no seu site.

Segundo a AdC, a operação é aprovada uma vez que “não é susceptível de criar entraves significativos à concorrência efectiva nos mercados relevantes identificados”.

Fica por apurar, contudo, o preço desta operação. O jornal Expresso lembra que o auditor está a avaliar a Media Capital e que só depois dessa análise será definido o preço por acção, que poderá ou não ficar-se pelos 0,67 euros.

Recorde-se que a Pluris, de Mário Ferreira, já é proprietária de 30,22% da Media Capital mas foi obrigada pela CMVM a lançar uma OPA sobre o restante capital. De acordo com a CMVM, quando a Pluris entrou na empresa, em Maio de 2020, não deu oportunidade aos accionistas minoritários de sair.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...