Associações e Governo vão estudar viabilização de festivais de Verão e concertos

No último Verão, não houve festivais em Portugal e 2021 poderá seguir por um caminho semelhante. Para evitar esse cenário, o Governo aceitou criar um grupo de trabalho em parceria com várias associações do sector de eventos e debater a possível viabilização de festivais de Verão e concertos no geral.

A Associação Portuguesa de Serviços Técnicos para Eventos (APSTE), a Associação de Promotores, Espetáculos, Festivais e Eventos (APEFE), a Associação Portuguesa de Festivais de Música (APORFEST) e a Associação Espetáculo – Agentes e Produtores Portugueses (AEAPP) fazem parte deste grupo de trabalho, bem como a ministra da Cultura e representantes da IGAC e das Secretarias de Estado do Turismo e Saúde.

Estão previstas reuniões quinzenais cuja principal ordem de trabalhos será a criação de regras que permitam o desenvolvimento destas actividades sem comprometer a saúde pública, segundo aponta a APSTE em comunicado. Para isso, será acompanhada a evolução da pandemia e o impacto que tem no sector.

“Já se percebeu que, infelizmente, este contexto de pandemia não irá desaparecer tão cedo e, mais do que pedir ajudas do Estado, pretende-se criar as condições necessárias para trabalhar”, reitera a APSTE.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...