Associação para o Desenvolvimento Infantil organiza leilão

“Dar Luz a Esta Causa” é o mote da quinta edição da exposição e leilão de arte organizados pela CAPITI – Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Infantil com o objectivo de angariar fundos para apoiar jovens e crianças de famílias carenciadas.

Ao todo, são 30 as obras de diferentes artistas presentes na exposição, com especial foco na arte contemporânea. Todas foram doadas pelos autores, que vão desde José Loureiro e Miguel Branco a Rui Sanches, Gil Heitor Cortesão, Fernanda Fragateiro, Manuel João Vieira ou Pedro Barateiro. A exposição “Dar Luz a Esta Causa” poderá ser visitada no Museu da Eletricidade, a partir de 7 de Outubro.

O leilão, por seu turno, arranca hoje e apenas terminará a 7 de Outubro, pelas 22h. A esta iniciativa online juntam-se ainda obras de dois artistas que têm uma Perturbação do Espectro do Autismo.

«A saúde mental ainda é muitas vezes negligenciada ou considerada um luxo para as classes mais abastadas. É muito importante que todos tenhamos a consciência de que se trata de SAÚDE, tão importante, ou mais, do que a saúde física. Por isso, quero apoiar a CAPITI, que torna possível que crianças sem meios tenham acesso a cuidados de saúde mental», comenta Rui Sanches.

Mariana Saraiva, presidente da CAPITI, acrescenta que um tratamento deste tipo não é algo pontual e o diagnóstico é apenas o ponto de partida: «É preciso acompanhar as crianças e as suas famílias, por um período médio de 3 a 4 anos. Daí a importância de organizar iniciativas como a exposição e o leilão», explica a responsável, sublinhando que um dos propósitos é atrair novos padrinhos.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...