As cassetes de música estão de volta?

Depois do regresso do vinil (que ultrapassou, no ano passado, os downloads digitais pela primeira vez), será a vez de tirar o pó às cassetes de música? O relatório da Nielsen relativamente ao mercado musical nos EUA revela que a venda de cassetes cresceu 74%, em 2016, ascendendo às 129 mil unidades.

As vendas de vinis chegaram aos 13,1 milhões de unidades e as de CDs aos 105 milhões. É verdade que as dimensões ainda não são exactamente comparáveis, mas poderá ser um sinal de uma nova tendência.

O The Verge aponta alguns motivos para este regresso ao passado, incluindo o sucesso da cassete com a banda sonora do filme “Guardiões da Galáxia”, mas também o lançamento de dois trabalhos de Justin Bieber neste formato. Artistas como Eminem e Prince também terão contribuído. Dados da Billboard citados pela mesma publicação indicam ainda que 43% das cassetes vendidas, no ano passado, foram-no através de uma operação directa entre as bandas e os consumidores.

Regressando ao relatório da Nielsen, destaque para um crescimento geral do consumo de música, que subiu 3% em 2016. O principal impulso chega através do mundo digital, com um aumento de 76% nos serviços de streaming e on-demand.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...