Apivita recorda importância das abelhas e deixa alerta

Celebra-se amanhã, 20 de Maio, o Dia Mundial da Abelha e a Apivita não quer deixar passar a data em branco. Tendo em conta que a actividade destes animais é a principal fonte de inspiração da marca, a Apivita decidiu preparar uma semana especial dedicada inteiramente às abelhas. Ou não fosse Apivita uma palavra que deriva do latim e que significa “Vida da Abelha”.

Segundo a insígnia, o objectivo desta semana é aumentar a consciencialização do público em relação à importância das abelhas e ao seu papel na preservação da saúde ambiental e da biodiversidade. Espera ainda dar a conhecer os produtos desenvolvidos a partir das abelhas, bem como as suas propriedades.

É o caso do catálogo da Apivita, cujas formulações são, sem excepção, à base de ingredientes produzidos pelas abelhas – do mel à geleia real, passando pelo própolis e pela cera. Juntam-se ainda extractos vegetais, óleos essenciais, óleos vegetais e infusões de plantas, essencialmente de natureza grega.

Segundo a Apivita, a utilização de pesticidas, agricultura intensiva, monoculturas, alterações climáticas e insectos invasivos são as principais ameaças, neste momento, aos polinizadores – de que são exemplos as abelhas. Como podemos ajudar? Através da plantação de Margaridas, Trevos, Malva, Alecrim, entre outros, e da disponibilização de um prato com água na varanda ou jardim para que as abelhas possam beber e descansar. É também aconselhado que se evite a utilização de pesticidas.

Recorde-se que a polinização que as abelhas levam a caso é um processo fundamental para os ecossistemas terrestres e para a produção de muitas plantas, incluindo frutas e vegetais. São também, de acordo com a Apivita, “sentinelas para os riscos ambientais emergentes, sinalizando a saúde dos ecossistemas locais”.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...