APICCAPS: exportações de calçado para os EUA podem duplicar

Portugal está a reforçar a sua ligação com os Estados Unidos da América (EUA) no que respeita o sector do calçado e acessórios, posicionando-se como parceiro ideal na produção. A APICCAPS, ANIVEC e AORP estiveram em Nova Iorque para participar no evento Project Sole e aproveitaram para mostrar aquilo que a indústria nacional tem para oferecer.

As três organizações promoveram a iniciativa “Made in Portugal”, através da qual deram a conhecer 20 marcas: Brusque, Carlos Santos, Cloud Footwear, COM – Creation Of Minds, Coxx-Borba, Dromedaris, Felmini, Flex & Go, Fly London, Lemon Jelly, Mocc’s and Boat Dock’s, Daily Day, Frenken, Vandoma, Westmister, Inimigo, Qvinto, Galeiras, Monseo e Eleutério.

Luís Onofre, presidente da APICCAPS, acredita que a exportação de calçado português para os EUA pode duplicar ao longo dos próximos anos, sendo que no ano passado atingiu os 70 milhões de euros. «A nossa ideia é fazer uma apresentação global do calçado português. Estamos certos de que quando os clientes americanos descobrirem a qualidade do calçado português não o trocarão por qualquer outro», indica o responsável em comunicado.

Leslie Gallin, presidente de Footwear da UBM Fashion, que organiza o Project Sole, acrescenta que têm vindo a trabalhar com a APICCAPS de modo a preparar as fábricas e marcas portuguesas para fazer negócio com os EUA. De acordo com a profissional, agora poderá ser a altura certa para os retalhistas e marcas olharem para Portugal.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...