APHORT defende criação de linha de apoio permanente aos turistas

A APHORT – Associação Portuguesa de Hotelaria, Restauração e Turismo mostra-se preocupada com o «clima de dúvida e confusão instalado no sector» devido às alterações nas regras sanitárias e propõe ao Governo a criação de «uma linha informativa de apoio permanente aos turistas», a qual seria da responsabilidade do Turismo de Portugal.

De acordo com a associação, o sector da hotelaria, restauração e turismo «continua disponível para fazer um esforço de adaptação com vista ao cumprimento das medidas de segurança necessárias, mas reconhece que não está a ser fácil acompanhar as vontades do Executivo que, todas as semanas, vem mudar as regras do jogo».

É nesse sentido que a APHORT propõe a criação da linha de apoio aos turistas nacionais e estrangeiros, que lhes «permita esclarecer todas as dúvidas e saber, com antecedência e de forma inequívoca, quais os procedimentos a cumprir e os comportamentos a adoptar em diferentes contextos». «Esta ferramenta poderá contribuir não só para um clima de maior esclarecimento, mas também para uma maior agilização das operações levadas a cabo pelos profissionais do sector no decorrer da sua actividade diária», explana a associação.

O mesmo organismo reitera ainda que essa missão «deve caber ao Turismo de Portugal que, nesta fase, para além das campanhas de sensibilização, deve procurar estar mais próximo do sector e auscultar as necessidades que surgem no terreno».

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...