Apenas 3% dos portugueses pretende gastar mais este Verão

Finda a calendarização obrigatória dos períodos de saldos em Portugal, o IPAM quis saber de que forma é que esta alteração irá impactar o comportamento dos consumidores portugueses. O estudo realizado indica que durante este Verão, período de promoções por excelência, 83% dos portugueses pretende gastar o mesmo que no ano anterior, 14% espera gastar menos e apenas 3% prevê gastar mais.

Dos consumidores inquiridos, 98% diz preferir realizar compras em saldos e promoções, mais 3% do que no ano passado. Em média, os portugueses pretendem gastar 164 euros durante as promoções e saldos de Verão. Vestuário (100%) e calçado (79%) são os produtos mais procurados, sendo que a maioria (95%) tenciona comprar para si próprio, seguidos por 65% que quer comprar para os filhos e 38% que compra para o cônjuge.

O estudo do IPAM revela ainda que “a nova lei dos saldos continua a não ser clara para o consumidor, continuando este a fazer referências às práticas existentes antes da entrada do novo enquadramento legal”. Aliás, 60% não sabe distinguir saldos e promoções.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...